Literatura CNEC

Fórum destinado à discussão de obras literárias. O objetivo deste fórum, além disso, é substituir a avaliação tradicional, e fomentar reflexões mais profundas.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Flávio Machado
Admin
avatar

Mensagens : 86
Data de inscrição : 10/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Seg Abr 06, 2015 4:53 pm

Citação :
Por simples acaso, dois desconhecidos encontraram-se despencando juntos do alto do Edifício Itália, no centro de São Paulo.
- Oi – disse o primeiro, no alvoroçado início da queda. – Eu me chamo João. E você?
- Antônio – gritou o segundo, perfurando furiosamente o espaço.



Após a leitura atenta do texto, Dois Corpos que Caem, de João Silvério Trevisan, escreva um breve comentário sobre a questão existencial abordada pelo conto por meio do diálogo dos personagens durante a queda vertiginosa do Edifício Itália, no centro de São Paulo. Lembre-se de refletir a respeito do mistério apontado pelo personagem. Além disso, aproveite para comentar o efeito que o final do conto provocou em você ao fim de sua leitura.

Clique "aqui" para ler o conto na íntegra.
Clique "aqui" para ouvir o conto no youtube.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://literaturacnec.forumbrasil.net
Breno Ferreira Alves



Mensagens : 9
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Ter Abr 07, 2015 6:14 pm

No conto''Dois Corpos Que Caem''de João Silvério Trevisan . Conta a historia de dois personagens caindo de um prédio um está morrendo por amor e outro por mistério,um foi trocado por um homem de olhos azuis e outro não só por mistério mesmo.O final traz uma dúvida muito grande pois a fala do personagem deixa muito curioso pra saber se foi ou não ele.


Última edição por Breno Ferreira Alves em Qui Abr 30, 2015 5:49 pm, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leonardo Amaral

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Ter Abr 07, 2015 6:22 pm

O texto "Dois Corpos que Caem", mostra dois homens que estão se jogando de um edifício. Um deles, João, estava se matando por amor. Fora trocado por um homem de olhos azuis. Por isso decidiria que em vez da vida acabar com o amor, o amor acabaria com sua vida. Já Antônio, morreria por mistério, um mistério que não se desvenda. Assim, morrendo, seria uma parte do mistério. O final me causou dúvida. Era óbvio que os dois morreriam, mas quando Antônio revela ter olhos azuis, fiquei curioso. Será que João fora trocado por Antônio? Esse sim foi um mistério, um mistério que nunca desvendarei e nem ninguém desvendará.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Augusto Vilela



Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 16
Localização : Abaeté-MG

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Ter Abr 07, 2015 7:11 pm

O texto "Dois Corpos que caem", descreve um diálogo de dois homens, que por mera coincidência, estavam tentando se matar pulando de um prédio, um deles, João, por causas amorosas e o outro, Antônio, por simples mistério. Ao longo do diálogo, João revela que foi trocado por outro homem de olhos azuis, instantes depois Antônio dá um ultimato a João perguntando se ele gostava de seus olhos azuis, não houve como João responder, os dois já estavam no chão. O ultimato de Antônio provocou um choque nos leitores, inclusive a mim, que fico em dúvida se João foi trocado por Antônio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Getúlio Andrade



Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Ter Abr 07, 2015 7:27 pm

O texto Dois corpos que caem, apontam dois homens que não se conheciam, João e Antônio, que tentavam se matar pulando do topo do edifício Itália.
João se matava pro amor, tinha sido trocado por um homem de olhos azuis, e Antônio se matava por mistério( na verdade não entendi que mistério era esse ). No final da queda Antônio pergunta: "Você gosta dos meus olhos azuis?" deixando assim a pergunta se "João foi trocado por Antônio? Ou Antônio foi contar vantagem para João e acabou morrendo?". Enfim nesse final se pode alocara varias perguntas que deixam o leitor confuso e querendo saber o que realmente aconteceu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jorge Henrique

avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 08/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Qua Abr 08, 2015 6:34 pm

No conto Dois Corpos Que Caem, de João Silvério Trevisan, trata-se do dialogo de dois homens, que por mera coincidência, tentavam suicidar, pulando do topo do edifício Itália.
Um dos dois homens, João, suicidava por amor, havia sido trocado por um homem de olhos azuis. Já o outro, Antônio, suicidava por mistério(que parecia ser indecifrável).
No final do conto. antes dos dois corpos se encontrarem com o chão, Antônio pergunta para João:"Você gosta dos meus olhos azuis?".
O conto me deixou bastante chocado, além de me deixar bastante curioso. Será que João fora trocado  por seu companheiro de queda, Antônio?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lara Xavier

avatar

Mensagens : 22
Data de inscrição : 10/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Sex Abr 10, 2015 2:38 pm

O conto Dois corpos que caem, de João Silvério Trevisan , relata a historia de dois homens desconhecidos que se suicidavam pulando do edifício Itália no centro de São Paulo.
João se matava por amor, havia sido trocado por um homem de olhos azuis, e Antônio por um simples mistério.
No final do conto quando os dois estavam bem próximos ao chão, Antônio bem diante do rosto de João, pergunta a ele se gostava de seus olhos azuis. Os corpos se estatelaram na Avenida São Luiz e não houve tempo para resposta de João.
o final do conto deixa os leitores na duvida, pois “Será que João fora trocado por Antônio?”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paula Pereira



Mensagens : 28
Data de inscrição : 08/04/2015
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Sab Abr 11, 2015 10:43 am

O conto "Dois Corpos que Caem", conta a história de dois homens que tentavam se suicidar, pulando de um edifício. Um deles, Antônio, se matava por um mistério ainda não desvendado, já João se matava por amor, pois havia sido trocado por um homem de olhos azuis.
Durante a quedo do edifício, os dois personagens dialogam entre si. Perto de caírem na Avenida São Luiz, em São Paulo, Antônio pergunta a João se ele gostava de seus olhos azuis, é nesse momento que os dois corpos se estatelam no chão.
Como não há tempo para respostas, nos perguntamos "Será que o homem de olhos azuis que João havia sido trocado, era Antônio?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Emília Pereira



Mensagens : 26
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Dom Abr 12, 2015 4:06 pm

No conto " Dois Corpos que Caem", de João Silvério, os dois personagens criam uma forte ligação de amizade durante a queda do Edifício Itália, o que lhes permitiu conversar sobre vários assuntos no intervalo de tempo. No início da queda, João afirma estar se matando por amor, por ter sido trocado por um homem de olhos azuis, e, somente no final da queda, Antônio pergunta a João " você gosta dos meus olhos azuis?", o que deixou grande curiosidade em descobrir o mistério
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Luísa Mendes

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Seg Abr 13, 2015 1:17 pm

O conto "Dois Corpos que Caem" de João Silvério Trevisan, aborda a história de dois homens que estavam suicidando, um deles era João que se matava por amor e Antônio que se matava por um mistério, o qual, nunca saberei o que é. Ao longo da queda do Edifício Itália, eles começam um diálogo, mas, quando estão no final da queda, Antônio pergunta a João se ele gostava de seus olhos azuis, é a partir daí que mais dúvidas começam a surgir e eu fico mais intrigada pois, será que João fora trocado por Antônio, resta agora o que cada um imagina, pois a verdade nunca descobriremos.


Última edição por Ana Luísa Mendes em Seg Abr 13, 2015 1:25 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Eduarda

avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Seg Abr 13, 2015 1:24 pm

No conto, "Dois Corpos que Caem", João Silvério Trevisan conta a histórias de dois homens que estavam cometendo suicídio. Um deles, João, se matava por ter sido trocado por um homem de olhos azuis, enquanto o outro, Antônio, tinha seu motivo em mistério. Durante o acontecimento que ocorria do Edifício Itália, em São Paulo, Antônio pergunta à João se ele gosta de seus olhos azuis, é neste exato momento que o dois corpos se chocam contra o chão, deixando a grande dúvida aos leitores se João haveria sido trocado por Antônio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victor Valadares

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 13/04/2015
Idade : 16
Localização : Na minha Casa

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Seg Abr 13, 2015 1:36 pm

No texto "Dois Corpos Que Caem" de João Silvério Trevisan, aborda uma discussão de 2 suicidas que pularam do alto do Edifício Itália no centro de São Paulo, eles começam perguntando por que cada um está suicidando e um deles fala que é por amor, que a mulher do próprio o largou por um homem de olhos azuis, já no final da história o outro homem que está se suicidando diz "oque acha dos meus olhos azuis?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br
Virgínia Araújo



Mensagens : 31
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Seg Abr 13, 2015 2:36 pm

O texto "Dois Corpos que Caem", de João Silvério Trevisan, relata dois homens caindo de um mesmo prédio, e se dialogam por um instante. Um está se matando por mistério e o outro, por amor. O segundo conta que foi traído por sua amada, por um homem dos olhos azuis, e reclama dos seus pobres olhos castanhos. O primeiro porém, deixa sua razão de suicídio vaga, e somente no final da queda mostra seus lindos olhos azuis para o companheiro.
O texto nos leva à uma reflexão sobre o final, se o homem de olhos azuis era o amante da mulher amada e se os dois se matavam pela mesma mulher.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Júlia Faria



Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Ter Abr 14, 2015 4:37 pm

O conto ''Dois Corpos que Caem'',de João Silvério Trevisan,relata a conversa de João e Antonio enquanto se despencavam do alto do Edifício Itália no centro de São Paulo.
Antonio questionava com João porque você está suicidando,ele disse:por amor,fui traído por um homem de olhos azuis,infelizmente tenho olhos castanhos e Antonio conta que esta suicidando porque queria descobrir o mistério entre a vida e a morte,como seria a vida após a morte.
Mas o final do conto nos provocou um suspense,pois Antonio pergunta para João ''Você gosta dos meus olhos azuis?'' e logo após os dois corpos se estatelaram na Avenida São Luis,deixando a dúvida (será que o suposto amante da mulher de João era Antonio).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rafael Diniz



Mensagens : 17
Data de inscrição : 08/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Ter Abr 14, 2015 7:45 pm

No conto "Dois Corpos Que Caem" de João Silvério Trevisan, traz um acontecimento muito incomum onde dois suicidas pulavam de um mesmo prédio e começam a dialogar, o primeiro dizia sofrer por amor, fora traído por um homem de belos olhos azuis. O outro dizia estar suicidando por mistério, ele queria ser um mistério, fazer parte de um mistério, provocar um mistério.
Ao fim do conto onde o homem que suicidava por mistério diz para o que sofria de amor:"Você gosta dos meus olhos azuis?"Foi quando os dois corpos se estatelaram na Avenida São Luiz.
Deixou o que a personagem sempre disse, o motivo de sua morte, o mistério, seria ele o amante da mulher do outro?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Guilherme Moreira

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Ter Abr 14, 2015 8:54 pm

No conto "Dois Corpos Que Caem" de João Silvério Trevisan , retrata a conversa de João e Antonio que , por mera coincidência se encontram enquanto estão se jogando do Edifício Itália. João estava se suicidando por amor , enquanto Antonio por simples mistério. No final do conto , deixa um ar de agonia e raiva pelo lado de João e , ao lado de Antonio me pareceu que foi para tirar um sarro da cara de João .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thais



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Qua Abr 15, 2015 3:53 pm

No conto "Dois Corpos que caem" de João Silvério Trevisan,retrata um acontecimento inesperado ! O encontro de dois desconhecidos indo para o suicidio, e por conhecidencia escolheram o mesmo prédio, enquanto estavam em pleno suicidio, pularam do prédio e então começaram a conversar. O primeiro senhor dizia estar sofrendo por amor pelo fato que foi traido por um homem de belos olhos azuis, enquanto o segundo senhor dizia querer ser um mistério ou pelo menos ser parte de um , ou até mesmo provocar um mistério. Antes dos dois corpos chegarem a Avenida São Luiz , o segundo senhor que queria ser parte de um mistério (Antonio) revelou ao companheiro de suicidio (João) que ele tinha belos olhos azuis. Deixando assim um enorme suspense entre as pessoas que leem tal conto ,com uma certa duvida de que será que tal amante da mulher de João, era Antonio?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Amanda Tavares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 15/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Qui Abr 16, 2015 12:44 pm

No conto "Dois Corpos Que Caem" de João Silvério Trevisan,dois desconhecidos estão suicidando ao pular do alto de um edifício. Um por amor ,outro pois queria ser um mistério !
Durante a queda eles conversam,João conta que foi trocado por um homem de olhos azuis pela sua amada,esse seria o motivo de tal gesto absurdo.Continuam a conversar até que Antônio pergunta se João gosta de seus olhos azuis,antes de responder os dois corpos se estrassalham na Avenida São Luiz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otávio Maia



Mensagens : 33
Data de inscrição : 16/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Qui Abr 16, 2015 5:04 pm

No conto "Dois Corpos Que Caem" de João Silvério Trevisan, fala de João e Antônio, dois homens que estão se suicidando pulando de um edifício, João esta se suicidando por amor, porque foi trocado por um homem de olhos azuis, e Antônio por simples mistério.No final da queda, quando estão prestes a morrer acontece um fato instigante, que deixa o leitor com bastante duvida,Antônio fala pra João:"Você gosta dos meus olhos azuis?".Isso nos traz uma duvida, será que Antônio é o homem de olhos azuis?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Camila Oliveira



Mensagens : 27
Data de inscrição : 15/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Qui Abr 16, 2015 8:11 pm

O conto "Dois Corpos que Caem" escrito por João Silvério Trevisan, conta uma história de dois homens João e Antonio que, por coincidência, decidiram se matar pulando de um mesmo prédio. Eles se conheceram durante a queda, se apresentaram, e cada um contou o motivo pelo qual decidiram se suicidar. João, estava se matando por amor, pois havia sido trocado por um homem de olhos azuis. Antonio estava se matando por um mistério, que eu realmente não consegui entender qual. No fim do conto, Antonio pergunta a João se ele gostava de seus olhos azuis e os dois se estatelam na avenida, o que deixa um ar de curiosidade, acredito que em todos, e surge a questão: João havia sido trocado por Antonio?!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Giovanna Soares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Dom Abr 19, 2015 12:27 pm

O conto "Dois corpos que caem" de João Silvério Trevisan, relata um diálogo entre dois homens que tentavam cometer um suicídio, ao alto do Edifício Itália, em São Paulo.
Um deles era João que se matava por amor e o outro era Antônio que se matava por mistério. João contava ao seu companheiro que havia sido traído por sua amada, ela havia o trocado por um homem de olhos azuis. Mas quando estão no final da queda Antônio pergunta a João se ele gostava de seus olhos azuis.
A partir de então as dúvidas começam a surgir, será que João haveria sido trocado por Antônio?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alice Castro



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Seg Abr 20, 2015 12:00 am

O conto "Dois Corpos que Caem" de João Silvério Trevisan,aborda a história de dois homens,João e Antônio,que se despencavam do alto do Edifício Itália,em São Paulo.Um deles se matava por amor,por ter sido trocado por um homem de olhos azuis,já o outro por um simples mistério.E quando estavam bem diantes do chão,Antônio pergunta à João: "Você gosta dos meus olhos azuis?".Foi quando os dois corpos se estatelaram na Avenida São Luiz,deixando-nos um grande suspense.Seria Antônio o amante da mulher de João?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabrielle Winkelstroter



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Ter Abr 21, 2015 1:15 pm

Dois corpos que caem, conto de João Silvério Trevisan, é um texto sugestivo, pois nos leva a pensar qual seu real fim. De um lado João, suicidava por amor, havia sido trocado por um homem de olhos azuis. De outro Antônio (de belos olhos azuis), morria por mistério.
A partir disto há várias possibilidades a se pensar. Será Antônio o tal amante ou será apenas uma obra do acaso? Essa resposta será sempre um mistério.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas Arruda



Mensagens : 22
Data de inscrição : 22/04/2015

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Sab Abr 25, 2015 6:42 pm

No conto " Dois Copos Que Caem " de João Silvério Trevisan, dois homens se encontram em plena queda no edifício Itália, os dois estavam suicidando, um, por amor, sua mulher havia o trocado por um homem de olhos azuis. O outro estava suicidando por mistério, talvez queria descobrir o mistério da vida e essa foi a forma que encontrou. No final da queda, o homo que se suicidava por mistério disse ao outro, "Você gosta dos meus olhos azuis?" isto nos deixa em dúvida, será que aquele homem era o motivo do outro estar suicidando?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcão

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 08/04/2015
Idade : 17
Localização : -19.159686, -45.449224

MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   Dom Abr 26, 2015 11:44 am

No conto "Dois Corpos Que Caem" de João Silvério Trevisan, conta a historia de dois homens que estava se jogando de um prédio, o primeiro dizia que estava fazendo aquilo por causa do amor, havia sido traído por um homem de olhos azuis. O outro afirmava estar suicidando para descobrir o mistério entra a vida e a morte e saber a "sensação" de estar morto. Ao passar do tempo o chão estava chegando e então o homem que estava ali por causa do mistério da morte disse ao outro "companheiro": Você gosta dos meus olhos azuis. Nesse instante os dois corpos se estatelaram no chão da Av. São Luiz , na porta do Edifício Itália no centro de São Paulo.
Após o final do texto, o mesmo nós deixa a pensar se o homem que esta suicidando por causa do mistério teria traído o que estava suicidando por causa do amor, mas por outro lado isso não passa de uma provocação, pois em momento algum o texto afirma que algum dos dois tem olhos azuis.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Dois Corpos Que Caem - João Silvério Trevisan
» Parabéns aos Dois.
» dois juntos
» Dois joystick em um flight simulator
» Ao invés de fazer avião com dois andares....

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Literatura CNEC :: Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século-
Ir para: