Literatura CNEC

Fórum destinado à discussão de obras literárias. O objetivo deste fórum, além disso, é substituir a avaliação tradicional, e fomentar reflexões mais profundas.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Nicole Valadares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 3:54 pm

Ponciano perdeu seus pais com pouco tempo de vida, e foi criado por seu avô Simeão por algum tempo. Mais tarde foi enviado para o "sossego" onde receberia educação, por uma prima bastante religiosa, porém Ponciano foi pego em um de seus atos de vadiagem e é enviado para Francisquinha, uma negra de confiança de Simeão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Júlia



Mensagens : 9
Data de inscrição : 20/04/2015
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 4:05 pm

Ponciano de Azeredo Furtado foi criado por algum tempo por seu avô no Sobradinho, pois perdera seus pais muito cedo, Simeão (avô de Ponciano) percebeu que seu neto era dono de um dom, a facilidade da oratória. Ponciano foi mandado para o "Sossego" para receber educação, morando junto com sua prima religiosa Sinhá Azeredo, onde se tornou um adepto à vida boêmia. Seus dias de vadiagem acabaram quando foi pego em um dos seus "atos de vagabundagem" e foi enviado à cidade. Sua tia veio à falecer e Simeão enviou uma mulher de confiança (Francisquinha) para tomar conta de seu neto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vinícius Eduardo



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 4:30 pm

Ponciano de Azeredo Furtado perdeu seus pais com poucos anos de vida e Simeão de Azeredo Furtado, seu avô, tomou posse da guarda dele, o criando no Sobradinho. Seu avô percebeu que ele tinha grande capacidade de entrar na política, pois tinha muita lábia e inventava muitas coisas. Ponciano foi levado para o "Sossego" para ser educado por sua prima, Sinhá Azeredo, mais ele foi pego com "sem-vergonhisse" com uma menina. Seu avô mandou-o para a cidade para ser educado em uma escola mais nada adiantou porque ele vivia na "vadiagem".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Isabella de Souza Santos

avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 24/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 4:31 pm

Ponciano de Azevedo Furtado perdeu seus pais quando era muito novo, sendo assim, foi criado pelo seu avô Simeão, que tinha em mente que seu neto tinha todo o sintoma do povo da política, pois era invencioneiro e linguarudo. Sr. Simeão acabou mandando o neto para viver com sua prima muitíssimo religiosa Sinhá Azeredo, em um local chamado Sossego, para que ele tenha uma infância de qualidade, recebendo bons princípios. Porém um dia foi pego em um ato de sem-vergonhice com uma mulata, com isso, foi obrigado a se ingressar em um serviço militar, mudou com a prima para uma cidade chamada "Campos dos Goitacazes", mais especificamente, para uma chácara na Rua da Jaca. Ponciano iniciou estudos numa escola dos frades, porém não mudou nada, e ainda aproveitava da ocupação da Sinhá Azeredo com as orações e de Simeão no pasto do Sobradinho, e ia "vadiar". A prima Sinhá Azeredo adoeceu e faleceu. Sendo assim, o avô Simeão mandou uma negra de confiança chamada Francisquinha para cuidar de seu neto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Julia Couto



Mensagens : 4
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 4:45 pm

O Coronel Ponciano ficou órfão muito cedo, com meses de vida e acabou sendo criado pelo avô Simeão, no qual cuidou muito bem de seu neto Ponciano.
Coronel ficou junto ao seu avô até certa idade, logo foi mandado para os cuidados de sua prima, Sinhá Azeredo, uma mulher bastante religiosa. Coronel foi enviado para ficar com ela para aprender bons costumes e se tornar religioso. Ele foi pego com uma garota e foi mandado para a cidade de Campos dos Goitacazes, junto à prima. A partir daí só teve mais oportunidades de sair e continuar com seus atos de "sem-vergonhisse”.
Quando Sinhá faleceu o seu avô Simeão enviou uma negra para cidade com a obrigação de cuidar do seu neto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Danilo Cesar



Mensagens : 29
Data de inscrição : 25/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 5:10 pm

Ponciano foi criado pelo avô Simeão pois perdeu os pais muito cedo.Ponciono passou sua pequenice na fazenda até seu avô mandá-lo aos cuidados da prima Sinhá Azeredo onde aprendeu as coisas ligadas a religião.Ao saber que seu neto havia saído da linha,Simeão o mandou para a cidade,junto a Franscisquinha,para estudar com os frades.Mais nada que Simeão tentava adiantava pois era ele sair da cidade e Ponciano já estava aprontando denovo.Na tentativa de acabar com suas sem-vergonhices e abrandar seu gênio estouvado, foi estipulado que ele cursasse a patente de alferes onde chegou ate a patente de capitão concedida pelos seus feitos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor brito



Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 8:18 pm

Ponciano perde cedo seus pais, e vai morar com o avô, que desde cedo identifica em seu neto os sintomas da política. Após crescer um pouco é levado para morar em sossego com a beata Sinhá Azeredo, a beata pega Ponciano em atos de vadiagem com uma mulatinha. Tal episódio leva Ponciano a morar na rua da Jaca para estudar onde se apaixona por Branca dos Anjos.
Após a morte de Sinhá ele vai morar com Francisquinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo Emílio



Mensagens : 22
Data de inscrição : 25/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 9:22 pm

Senhor Ponciano perdeu seus pais em seus primeiros anos de vida, então foi criado pelo seu avô Simeão na fazenda Sobradinho.
Mais tarde foi morar com Sinhá Azeredo em Sossego. Lá é pego fazendo atos de sem-vergonhice pela prima, e acaba indo para cidade ficar sobre os cuidados de Francisquinha a pedido de Simeão para que ele melhore seu comportamento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leandro Libério



Mensagens : 29
Data de inscrição : 25/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 9:26 pm

Ponciano de Azeredo Furtado perdeu seus pais muitos cedo, ficando sob a guarda de seu avô. Este mandou o jovem Ponciano para morar com sua prima Sinhá Azeredo, foi com ela que ele aprendeu o básico da arte de oratória. A prima pegou Ponciano em ato de sem-vergonhismo com uma moça. Ele foi mandado junto com a prima para a cidade de Campos. Mas isso de nada adiantou. Então seu avô Simeão de Azeredo Furtado manda seu neto para o serviço militar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriele Álvares



Mensagens : 19
Data de inscrição : 25/04/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 9:45 pm

Ponciano de Azeredo Furtado perdeu os pai quando ainda tinha poucos meses de vida , sendo criado pelo seu avô Simeão . Morou algum tempo junto do seu avô no Sobradinho e mais tarde foi levado para o “ Sossego “ sobe os cuidados da prima Sinhá Azeredo , porem os dias de Ponciano no “Sossego” terminaram quando foi pego com “sem-vergonhismo” com uma garota pardavasca . Repreendido pelo avô , Ponciano foi mandado com a prima Sinhá Azeredo para a cidade Campos do Goitacazes para uma escola de frades . Nada adiantou pois Ponciano vivia na “vadiagem” . Após a morte da prima Sinha Azeredo , Simeão enviou uma negra de confiança chama Francisquinha pra cuidar de seu neto .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Caio José



Mensagens : 27
Data de inscrição : 26/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 10:09 pm

Ponciano de Azeredo Furtado foi criado no Sobradinho, por seu avô, Simeão pois seus pais morreram pouco tempo após seu nascimento. Já com certa idade foi mandado para a cidade morar com Sinhá Azeredo, embora Sinhá fosse muito religiosa Ponciano acaba caindo nas tentações carnais e é pego praticando atos de sem-vergonhice com uma mulata, logo é enviado para os cuidados de Francisquinha para melhorar seu comportamento, também ingressa no serviço militar a desejo de seu avô.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leonardo Alves Noronha



Mensagens : 3
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 10:15 pm

Ponciano quando pequeno perdeu seus pais, e então ele foi criado por seu avô. Simeão que era seu avô, acreditava q seu neto tinha o sintoma do pvo político, então ele decidiu q seu neto deveria passar um tempo com Sinhá ,prima de Simeão, aprendendo com ela ser muito relógioso, más com a morte dela, Simeão mandou Francisquinha com Ponciano para cidade para que possa cuidar dele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
paula carena



Mensagens : 8
Data de inscrição : 26/04/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   Dom Ago 16, 2015 11:27 pm

Por perder seus pais quando muito pequeno quem ficou com sua guarda foi o avô, vivendo na fazenda de Sobradinho. Ao perceber que o garoto possuia um dom natural para a oratória, o avô decide mandar o garoto para sossego para estudar as "letras de padre". Ponciano ficou sob os olhos de Sinhá Azeredo que era uma mulher superticiosa e religiosa. Mas o jovem não queria saber de estudo e sim das mais diversas traquinagens, e por isso foi mandado a cidade para tomar juizo, logo após Sinhá morrer, este ficou aos cuidados de Francisquinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Caçador do Vazio - Capítulo - 4 - Irmão Caçador.
» Capítulo 1 - Os anos da "pequenice"
» A Rainha das Lâminas - Capítulo - 2 - O Véu de Raiva.
» TKCast Leitura de Capítulos #05 - Capítulo 5
» Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Literatura CNEC :: O Coronel e o Lobisomem (José Cândido de Carvalho)-
Ir para: