Literatura CNEC

Fórum destinado à discussão de obras literárias. O objetivo deste fórum, além disso, é substituir a avaliação tradicional, e fomentar reflexões mais profundas.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Capítulo 5 - A Sereia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Flávio Machado
Admin
avatar

Mensagens : 86
Data de inscrição : 10/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Capítulo 5 - A Sereia    Seg Ago 10, 2015 11:50 am

Citação :
Espalharam, mais tarde, que o coronel do Sobradinho abusou e desabusou das partes de cima da sereia, que as debaixo, escama só, nunca tiveram serventia. Quem nunca lidou com o povo encantado das águas é que pode dar andamento a um despautério desse porte. Nunca quis tomar franquia com a moça do mar, embora fosse ela provida de um par de roliços do maior agrado meu, coisa vistosa de não caber na concha das mãos.

Faça um breve relato do aparecimento da Sereia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://literaturacnec.forumbrasil.net
Anna Luiza Monteiro



Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Qui Ago 13, 2015 5:10 pm

Ponciano havia passado por grande doença. Já melhor em suas condições físicas, o Coronel sentia falta de cheiro de mulher. Certa noite de lua, ele sai para caçar capivara com Serapi Lorena. Em seus delírios pensa em Branca dos Anjos,sua antiga paixão, e ao se aproximar do mar, ouve um canto doce de sereia. Como citado acima, Ponciano "abusou e desabusou das partes de cima da sereia", e esta lhe propõe casamento. O Coronel recusa dizendo que é casado e que sua mulher é "o capeta de saia".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LauraAlbuquerque02



Mensagens : 9
Data de inscrição : 13/08/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Qui Ago 13, 2015 7:56 pm

Ponciano foi à caça de capivaras, em seus pensamentos e lembranças vem Branca dos Anjos sua antiga paixão, o coronel já sentia falta de mulheres, e durante sua caça ao se aproximar do mar ouviu o canto belo e sonoro de uma sereia, que o propôs casamento. Mas Ponciano recusou dizendo ser casado com "o capeta de saia".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Amélia



Mensagens : 29
Data de inscrição : 21/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sex Ago 14, 2015 12:41 am

Ponciano após melhorar de uma doença foi sair em noite de lua, para caçar capivaras. Em pensamentos ele se recorda de uma antiga paixão, Branco dos Anjos. Ao se aproximar do mar ouviu um belo canto, era uma sereia. Esta o pediu em casamento, mas, ele recusou afirmando ser casado com "o capeta de saias".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eduarda Araújo



Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sex Ago 14, 2015 1:18 pm

Numa noite de Lua depois de recuperar-se de uma doença,o Coronel sai para caçar capivara.Ele vai pensando em Branca dos Anjos.Ouve um chamado vindo do mar e seu nome murmurado com doçura. Encontra-se com uma sereia.Ela o propõe em casamento e coronel mente dizendo que já era casado com "o capeta de saia'' ,então a sereia volta para o mar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alice Alves



Mensagens : 29
Data de inscrição : 12/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sex Ago 14, 2015 1:46 pm

Para melhorar sua saúde, Ponciano passa uma quinzena em Paus Amarelos e já em melhores condições, em uma noite de lua, sai para caçar capivaras. Ele vai pensando em sua antiga paixão, Branca dos Anjos, indo em direção ao mar. Até que ele ouve um canto doce de uma sereia, que o pede em casamento. O Coronel mente para a sereia, dizendo que tinha uma amante, que era "o capeta de saia" e a sereia volta para o mar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
João Vitor Valadares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/11/2014
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sex Ago 14, 2015 7:48 pm

Ponciano adoeceu, mas se recuperou sobre os cuidados do Dr. Coelho dos Santos, este que mandou Ponciano passar um tempo em Paus Amarelos para descansar. Mas logo apareceu o Major Serapião Lorena pedindo ajuda para resolver um caso de ururau nas suas terras. Lá foi o Coronel resolver esse caso de ururau. O Coronel saiu para "limpeza da pontaria" caçando uma capivara, quando encontra uma sereia muito bela e com seios avantajados. A sereia tenta convencer Ponciano a ir viver com ela nas profundezas do mar e até o pede em casamento, mas o Coronel recusa inventando estar de compromisso com uma mulata. A sereia desenganada volta para as profundezas do mar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Luiza



Mensagens : 29
Data de inscrição : 26/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sex Ago 14, 2015 9:07 pm

Coronel sem perceber, pensando em Branca dos Anjos, seu cavalo o leva para longe, na direção do mar. Ouviu um chamado vindo do mar, seu nome murmurado com doçura. Encontra-se com uma sereia. Ela propõe casamento. Ponciano diz que não abusou da parte de cima da sereia, como muita gente espalhou. Diz que estava "em tarefa militar". O coronel mente para a sereia, diz que tinha uma amante, que era "o capeta de saia". Muito triste, a sereia volta para o mar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daniana L. Pereira



Mensagens : 4
Data de inscrição : 12/08/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sab Ago 15, 2015 12:12 pm

Coronel Ponciano havia passado por uma doença. Após passar por isso, sente falta de cheiro de mulher e em seus pensamentos, somente Branca dos Anjos. Certa noite de lua cheia, sai para caçar capivara. Ao se aproximar do mar, ouve um doce canto da sereia. Ponciano é proposto em casamento novamente, mas recusa, usando o argumento de ser casado com "o capeta de saia". Então ela volta para o mar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura Arruda



Mensagens : 26
Data de inscrição : 15/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sab Ago 15, 2015 1:48 pm

Depois de passar por uma doença, Coronel Ponciano sente falta de "cheiro de mulher" e sai para caçar capivaras. Ele começa a recordar de seu primeiro amor, Dona Branca dos Anjos. é quando ele chega no mar e conhece a Sereia, que lhe pede em casamento. O Coronel rejeita o pedido alegando é casado. A sereia volta para o mar, mas antes ele corta uma mecha de cabelo dela como recordação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Letícia Sousa



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sab Ago 15, 2015 2:57 pm

Depois de passar por uma doença, numa noite de lua, Coronel Ponciano sai para caçar capivara.Perdido em seus pensamentos, ele sente falta de mulher e se lembra de sua ex-amada, Branca dos Anjos. Quando se aproxima do mar, ouve o canto da Sereia, e acaba sendo atraído. Depois do coronel abusar das partes de cima da Sereia, ela propõe casamento e ele recusa, alegando ser casado com "o capeta de saia". Ela volta para o mar, e o coronel fica com uma mecha de seus cabelos como recordação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
João Vítor Xavier



Mensagens : 27
Data de inscrição : 24/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sab Ago 15, 2015 6:58 pm

Após meses acamado devido a uma doença, Ponciano, que estava em Pau Amarelo fazenda de seu primo, sente falta das regalias de sua antiga vida de safadezas, sente falta de mulheres, então ele resolve sair para caçar capivara e se encontra sozinho, sendo chamado por uma voz misteriosa, ao chegar perto do mar ele encontra uma sereia, que lhe propõe casamento, porem ele recusa com a desculpa de já ser prometido a alguém. Boatos se espalham de que o Coronel havia abusado das partes superiores da sereia, porem ele nega, mas o Coronel ainda guarda uma mecha loira dos cabelos da sereia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luan Alves

avatar

Mensagens : 17
Data de inscrição : 20/04/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sab Ago 15, 2015 7:13 pm

Após se recuperar de uma doença, Ponciano resolve sair em uma caça a capivaras, na qual enquanto devaneia pensando em sua antiga amada, acaba sendo levado pelo cavalo até as beiras do mar onde ele ouvia uma voz misteriosa e encontra uma seria da qual supostamente abusou das partes superiores, pois as inferiores de nada serviam, e recusou sua proposta de casamento alegando já ter uma cônjuge a qual se assemelhava ao capeta portando vestes femininas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rafaela Arruda



Mensagens : 20
Data de inscrição : 20/04/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sab Ago 15, 2015 10:05 pm

Após passar certo tempo se recuperando de uma doença na fazenda Pau Amarelo, Ponciano começa a sentir falta de cheiro de mulher e suas vadiagens, logo resolve sair para caçar. Em sua caçada, ouve um canto vindo do mar. Quando se aproxima, encontra uma sereia, que logo o pede em casamento. Pedido tal que é recusado por Ponciano, o levando a mentir que já era compromissado e que sua mulher era o "capeta de saia". Após algum tempo, sai um boato de que o coronel havia abusado das partes de cima da sereia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor Hugo



Mensagens : 27
Data de inscrição : 25/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sab Ago 15, 2015 11:28 pm

Depois de sofrer com uma doença, Ponciano sente falta de sua antiga vida de safadezas e decide sair para caçar. Durante a caçada ele se depara com o canto de uma sereia, quando ele a encontra, ela o pede em casamento e ele recusa alegando já ser comprometido. Enquanto isso corriam boatos que ele havia abusado das partes de cima da sereia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lidia Silva



Mensagens : 4
Data de inscrição : 15/08/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Sab Ago 15, 2015 11:59 pm

O Coronel ficou um tempo se recuperando de uma doença e quando melhorou estava sentindo falta de mulher,de cheiro de mulher,então decide sair para caçar.Nessa caçada ouve uma voz doce chamando por seu nome no mar,quando chega lá se depara com a sereia que rapidamente o pedi em casamento.Pedido que foi recusado pelo coronel,que mentiu que possuía uma mulher que era o "capeta de saia". Logo apos "um vento linguarudo" espalha pra todos que o coronel tinha abusado das partes superiores da mulher encantada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bruna Lemos



Mensagens : 7
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Dom Ago 16, 2015 9:28 am

Ponciano havia passado por uma grande doença. Já melhor, o Coronel começa a sentir falta de cheiro de mulher e logo resolve sair para caçar. Ponciano ao se aproximar do mar ouve um doce canto de sereia, quando ele a conhece, ela logo lhe pede em casamento. Coronel recusa o pedido de casamento, dizendo que já era casado e que sua mulher era "o capeta de saia". A sereia volta para o mar, e o coronel fica com uma mecha de seus cabelos como recordação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luiza Rodrigues



Mensagens : 18
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Dom Ago 16, 2015 12:06 pm

Após melhorar de uma doença,Ponciano sai para caçar capivara,ele vai se recordando de Branca dos Anjos,primeiro amor de Ponciano.Quando se aproxima do mar,Ponciano vê a sereia,ela o pede em casamento,mas ele recusa dizendo que já era comprometido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Luísa Nicoli



Mensagens : 4
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Dom Ago 16, 2015 1:40 pm

Após sua doença, Ponciano começa a sentir falta de cheiro de mulher, então ele resolve caçar e acaba encontrando com uma sereia, ela o pede em casamento, mas ele recusa dizendo que já era comprometido, e logo após isso surgem boatos de que ele teria abusado das partes de cima da sereia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor Rocha



Mensagens : 29
Data de inscrição : 18/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capitulo 5 - A sereia   Dom Ago 16, 2015 2:00 pm

Ponciano, em uma noite de lua cheia, sai para caçar uma capivara. Em sua procura pelo animal, houve se um chamado por seu nome, ele vai chegando mais perto e se depara com uma sereia muito bunita de seios deslumbrantes. Ela tenta jogar seu feitiço para cima do coronel, o faz proposta de casamento e o convida para viver nas profundezas do mar junto com ela, mas Ponciano alega estar comprometido com uma mulata e nao cai na conversa da sereia. Logo depois, houve um boato de que Ponciano tinha aproveitado das partes de cima d a sereia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Giovanni Avelar



Mensagens : 27
Data de inscrição : 12/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Dom Ago 16, 2015 2:20 pm

Como de costume,foi encaminhado à Ponciano a demanda da caça de um ururau,um jacaré descomunalmente grande,em um terreno vizinho da ordem de Serapi Lorena.Uma noite,já na casa do requisitante,enquanto esperava seus companheiros de armas para dar fim ao ururau,Ponciano decide treinar sua pontaria,por muito já enferrujada enquanto estava de cama,e vai à caça de capivaras quando acaba sendo enfeitiçado por uma sereia.Ponciano é atraído até o mar e já se afogava quando travou uma rixa com a criatura mítica,desfazendo o encanto,e é quando a sereia tenta convence-lo a toma-la por esposa em seus aposentos no fundo do mar.Não satisfeito com a ideia de matrimonio,Ponciano simula que já possuía um cônjuge que,inclusive,se assemelhava ao capeta de saia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victor Arruda



Mensagens : 26
Data de inscrição : 20/11/2014

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Dom Ago 16, 2015 3:22 pm

Coronel logo apos de melhorar de uma doença sai pata caçar capivara sentindo muita falta das suas vadiagens e do cheiro de mulher. No meio da caça ele ouve um canto e se aproxima chegando la ele encontra uma sereia, que lhe oferece uma proposta de casamento, coronel recusa dizendo ser casado com o ''capeta de saia '' fazendo a seria voltar para o mar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Júlia



Mensagens : 9
Data de inscrição : 20/04/2015
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Dom Ago 16, 2015 3:49 pm

Coronel Ponciano, após se curar de uma doença, sai à caça de capivaras juntamente com Serapi Lorena. Ele devaneia em suas lembranças (sua antiga paixão, Branca dos Anjos) e ouve uma voz o chamndo que se originara do mar. Ao chegar nessas águas, ele se depara com uma sereia, esta que o propõe um casamento. Ponciano com sua inteligência recusa sua proposta e ainda inventa uma esposa que se assemelha à um "capeta de saia" por ser muito brava. Após este acontecimento, surgem boatos que ele teria abusado das partes superiores do ser mítico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nicole Valadares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Dom Ago 16, 2015 4:40 pm

Ponciano sente falta do cheiro de mulher, após ter se recuperado de uma doença. Então resolve sair para caçar e ouve um canto de sereia vindo do mar, que após ter abusado das partes de cima da sereia, ela logo o pede em casamento e Ponciano acaba recusando, dizendo que sua mulher era o "capeta de saia".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Julia Couto



Mensagens : 4
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    Dom Ago 16, 2015 4:44 pm

O Coronel Ponciano havia saído a procura de capivaras e estava lamentando de que sentia saudades de sua ex Branca dos Anjos.
Ponciano estava próximo do mar onde ouviu barulho, um canto que era de uma seria que ali estava, Coronel aproveitou-se das partes de cima da sereia que o propôs em casamento.
Ponciano recusou dizendo que era casado e que sua esposa era o "capeta de saia".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Capítulo 5 - A Sereia    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo 5 - A Sereia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Caçador do Vazio - Capítulo - 4 - Irmão Caçador.
» Fic - A Legião - CAPÍTULO 5 POSTADO!
» A Rainha das Lâminas - Capítulo - 2 - O Véu de Raiva.
» TKCast Leitura de Capítulos #05 - Capítulo 5
» Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Literatura CNEC :: O Coronel e o Lobisomem (José Cândido de Carvalho)-
Ir para: