Literatura CNEC

Fórum destinado à discussão de obras literárias. O objetivo deste fórum, além disso, é substituir a avaliação tradicional, e fomentar reflexões mais profundas.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 A Hora e a Vez de Augusto Matraga

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Arthur N



Mensagens : 6
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: A Hora e a Vez de Augusto Matraga   Dom Ago 16, 2015 9:01 pm

Nhô Augusto recebe a herança farta de seu pai e tem um vida desregrada, sem muito respeito com seus próximos. No inicio do conto, ele arremata uma mulher em um leilão, mostrando o descaso que tinha em relação a sua esposa e filha. Após uma briga entre Augusto e Dona Dionóra(sua mulher), ela foge junto da filha e um outro homem, deixando o marido sozinho, cheio de dividas e sem o respeito de seus capangas, que tentam o matar, porém, com sorte ele consegue escapar e é salvo por um casal de negros que o abrigam em sua casa. Depois de tudo isto, Nhô Augusto repensa sua vida, passa a seguir Deus e luta para conseguir um lugar no céu após sua morte. Algum tempo depois ele se encontra com um antigo amigo, Joaozinho Bem-Bem, os dois se desentendem quando o amigo tenta matar uma família inteira por vingança, brigam entre si e acabam morrendo os dois.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Flávia Alessandra Costa



Mensagens : 11
Data de inscrição : 11/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Hora e a Vez de Augusto Matraga   Dom Ago 16, 2015 9:16 pm

Augusto Matraga herdou a maldade do pai. Seus casos extraconjugais, sua desumanidade, a fuga de sua mulher e esposa para ficarem com outro homem e o endividamentos para com seus capangas, levou-o a invadir as terras de seu inimigo em busca de explicações. Fora então espancado e jogou-se de um desfiladeiro. Tendo sido salvo por um casal de pretos, buscou a redenção através das palavras de um padre. Fora bondoso por um longo tempo. Entretanto, questionava-se se sua hora e vez chegariam. Até que um dia ele recebeu um bando de matadores em sua casa. João Bem-bem o convida para o bando, mas ele se recusa. Ao deixar sua casa e os negros, Augusto Matraga depara-se com sua hora e vez, salvando uma família que seria assassinada por João Bem-bem. Ambos terminam mortos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Caroline



Mensagens : 3
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: A Hora e a Vez de Augusto Matraga   Dom Ago 16, 2015 9:28 pm

A hora e a vez de Augusto Matraga conta a história de redenção de Augusto, um homem que fora mau feitor quando rico, que não valorizava a família e era adúltero. Porém quando perde toda riqueza a personagem acaba sofrendo as consequências de seus atos passados, sua esposa e filho fogem e seus próprios funcionários se aliam ao seu inimigo e tentam matá-lo. Ele se joga de uma ribanceira e sobrevive a queda, um casal de negros o ajuda e com o tempo ele se recupera. Ele se vê numa vida correta, passa a seguir a religião, ajudar aos necessitados e ser generoso. Passados seis anos ele encontra um homem que o reconhece com Augusto Matraga, que o conta que sua filha agora é da vida, que um de seus companheiros fora assassinado é que sua mulher ainda vive com o homem com quem fugiu. Mesmo com as notícias que tivera, ele se manteve resoluto e acreditando na frase "a sua Hora e sua vez hão de chegar". A vila onde vive é destino de Joãozinho Bem-Bem e seu bando, contra todas as expectativas e medos, Augusto convida o grupo para sua casa e os recebe muito bem, ganhando assim a simpatia de todos, quando o bando faixa a Vila, o líder convida Matraga para se juntar a eles, porém ele nega o convite. A personagem principal decide que seu tempo na vila tinha chegado ao fim e decidiu peregrinar, acabou encontrando pelo caminho o grupo de Joãozinho Bem-Bem que estava prestes a assassinar uma família por um acerto de contas. Augusto intercede pela família, porém Joãozinho estava decidido a vingar a morte de um dos seus companheiros, desta forma os dois entram num conflito que resulta na morte de ambos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Filipe



Mensagens : 6
Data de inscrição : 12/08/2015

MensagemAssunto: Re: A Hora e a Vez de Augusto Matraga   Dom Ago 16, 2015 9:53 pm

Augusto Matraga era um valentão perigoso de nome conhecido, não se importava com sua vida e nem com sua família, gastava todo seu dinheiro com jogos, prostitutas e drogas. Depois de tanto tempo nessa mansa vida, a sorte troca de lado, sua família acaba por deixá-lo, eventualmente seus capangas também o deixam e vão trabalhar para o maior de todos inimigos de seu antigo patrão. Quando Augusto se reencontra com seus antigos empregados, acaba sendo agredido de forma brutal e se joga de um abismo para tentar fugir. Jugado como morto pelos capangas, Augusto é encontrado a beira da morte por um casal de negros, eles o salvam. Logo ele percebe que sua vida não estava certa, deveria pagar por todas suas maldades e assim começa ascensão de Augusto. Depois de um longo tempo com o casal que o salvara ele se encontra com Joãozinho Bem-Bem prestes a assassinar uma família por vingança, ele precebe que estaria na hora de se redimir pelos seus pecados então desafia Bem-Bem e seu bando apesar de vencelos acabaca morrendo salvando a família.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matheus Alves Noronha



Mensagens : 12
Data de inscrição : 18/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Hora e a Vez de Augusto Matraga   Dom Ago 16, 2015 9:55 pm

Augusto Matraga , que também era chamado de Nhô Augusto , tinha um comportamento agressivo ,brigava com todos, não ligava muito para sua família e muito menos para seus bens materiais, gastava muito dinheiro em jogos e com prostitutas , não dando a miníma atenção para sua esposa e filha. Sua esposa foge com outro homem, Ovídio Moura, e leva também sua filha. Augusto tinha capangas que por conta de salários atrasados, o larga e vão trabalhar para seu maior inimigo. Em uma emboscada feita pelos seus ex-capangas , Nhô Augusto quase morre , mas é salvo por um casal de negros , assim Augusto se arrepende de todos os males feitos , e resolve virar um honesto e trabalhador. Tempos depois , Augusto reencontra um velho amigo , Joãozinho Bem-Bem junto de seus capangas , prestes a matar uma família, pelo qual o motivo seria um acerto de contas, mas Augusto tenta impedi-lo, acabam brigando e no fim ambos morrem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vinícius Ribeiro



Mensagens : 12
Data de inscrição : 19/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Hora e a Vez de Augusto Matraga   Dom Ago 16, 2015 10:30 pm

Augusto, era um homem mal, violento, que não se importava nem com sua família ou com nada a sua volta. Sua mulher o deixara, seus comparsas também, sua vida estava acabando em ruínas, foi quando após uma grande humilhação, caiu de um penhasco e foi salvo por um casal de negros. Lá Augusto redimiu de seus pecados, conheceu Deus, tornou-se um homem bondoso, até que decidira partir daquelas terras, onde encontrou João Bem-Bem pela segunda vez. Ele era um bandido e estava prestes a matar uma família, Augusto os protege e morre junto a João.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
marcela mariana



Mensagens : 10
Data de inscrição : 16/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Hora e a Vez de Augusto Matraga   Dom Ago 16, 2015 11:05 pm

Augusto Esteves era um homem bem sucedido e violento, que herdara toda a herança do pai e se achava superior a todos. Tinha uma mulher, que o traiu e fugiu, levando a filha do casal junto. Os seus capangas também acabaram o traindo se juntando com seu maior inimigo. Quando foi procurar vingança, acaba sendo torturado e jogado em um penhasco, de modo que os inimigos acharam que ele estava morto. Foi salvo por um casal de negros, falido e sem ninguém, tenta recomeçar sua vida, sendo um homem crente de Deus. Reencontra então um velho amigo que estava prestes de matar uma família, e tentando mudar a ideia do amigo acaba criando uma briga, na qual os dois morrem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vítor Morato



Mensagens : 15
Data de inscrição : 18/11/2014

MensagemAssunto: Re: A Hora e a Vez de Augusto Matraga   Seg Ago 17, 2015 12:29 pm

O conto é baseado em Augusto Matraga e acerca de suas reflexões sobre a vida. Briguento por natureza, o fazendeiro demonstrava desprezo total por sua família e pelo seu futuro, preocupando mais com noitadas regadas à jogatinas, perdendo inclusive seus seguranças pela não quitação de suas folhas salariais.

Após desentendimentos com parentes e funcionários, e diversos acontecimentos terríveis em sua vida, ele busca melhorar si próprio, sendo capaz de tentar salvar inocentes no fim do conto, falecendo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Hora e a Vez de Augusto Matraga   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Hora e a Vez de Augusto Matraga
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» 1 hora e 20 minutos de Ashie (F-Hime) vs Leo (F-Ryougi)
» Programa que melhora Tráfego AI na hora do pouso
» Preço de hora de vôo
» Parabéns e Feliz Aniversário "José Augusto Lima"
» [Animes] Dragon Ball Xenoverse : A Primeira Meia Hora

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Literatura CNEC :: Sagarana (Guimarães Rosa)-
Ir para: