Literatura CNEC

Fórum destinado à discussão de obras literárias. O objetivo deste fórum, além disso, é substituir a avaliação tradicional, e fomentar reflexões mais profundas.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 O Universo do Cordel e do Teatro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Flávio Machado
Admin
avatar

Mensagens : 86
Data de inscrição : 10/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: O Universo do Cordel e do Teatro   Ter Nov 24, 2015 5:17 pm

Citação :
A peça retoma elementos do teatro popular, contidos nos autos medievais, e da literatura de cordel para exaltar os humildes e satirizar os poderosos e os religiosos que se preocupam apenas com questões materiais.

A peça "Auto da Compadecida", escrita por Ariano Suassuna em 1955, obteve grande destaque ao ser encenada no Rio de Janeiro, em 1957, por ocasião do 1º Festival de Amadores Nacionais. O Brasil descobria ali um novo tipo de teatro, calcado na tradição popular.

O enredo da peça é um trabalho de montagem e moldagem baseado em uma tradição antiquíssima, que remonta aos autos medievais de Gil Vicente e mais diretamente a inúmeros autores populares que se dedicaram ao gênero do cordel. Nesse tipo de literatura, os criadores contam e recontam as mesmas histórias e acrescentam o seu toque pessoal. Reconhecer esse “toque pessoal” de cada trabalho artesanal, contudo, exige do observador grande atenção aos detalhes.

A peça tem um pequeno texto introdutório que visa a orientar a encenação e a explicar, em linhas gerais, o espírito da obra: “O Auto da Compadecida foi escrito com base em romances e histórias populares do Nordeste. Sua encenação deve seguir, portanto, a maior linha de simplicidade, dentro do espírito em que foi concebido e realizado (...)”.

Além do Cordel e das peças de Gil Vicente, a obra de Ariano Suassuna dialoga com outras do mesmo universo. Faça um breve comparativo da Auto da Compadecida com as obras Vidas Secas, de Graciliano Ramos, e Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://literaturacnec.forumbrasil.net
Lucas Souza



Mensagens : 29
Data de inscrição : 14/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Ter Nov 24, 2015 6:42 pm

A obra O Auto Da Compadecida retrata, assim como a obra Morte e Vida Severina, o sofrimento e a pobreza extrema, marcas da realidade vivenciada por muitos nordestinos, vítimas da seca que assola a região.
Além disso, podemos estabelecer um paralelo entre a Obra de Ariano Suassuna com a obra de Graciliano Ramos, já que ambas retratam também a difícil realidade de um Nordeste castigado pela seca, porém uma diferença a ser ressaltada é o simples fato que Fabiano, personagem principal na obra Vidas Secas, migra de fazenda em fazenda em busca da chuva e de melhores condições de vida, enquanto João Grilo e Chicó optam por permanecer nas terras em que sempre viveram, mesmo sendo castigados pela escassez de chuva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leandro Libério



Mensagens : 29
Data de inscrição : 25/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Sex Nov 27, 2015 5:22 pm

O Auto da Compadecida mostra a triste realidade do nordeste, com a seca castigando quem vive lá, assim como em Morte e Vida Severina. Vidas Secas também retrata isso muito bem, porém Fabiano e sua gente mudava de região em região a procura de melhores condições, enquanto João Grilo e Chicó viviam no mesmo lugar tentando melhorar de vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Letícia Sousa



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Sex Nov 27, 2015 9:38 pm

O Auto da Compadecida, assim como as obras Morte e Vida Severina e Vidas Secas, mostra uma triste realidade em que vivem os nordestinos, castigados pela seca, sofrimento e miséria presentes na região.
Em Vidas Secas, o personagem Fabiano migra em busca de uma vida melhor, fugindo da pobreza e da falta de chuva. Já na obra de Ariano Suassuna, os personagens vivem no mesmo lugar durante toda a história.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriele Álvares



Mensagens : 19
Data de inscrição : 25/04/2015

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Sex Nov 27, 2015 11:22 pm

O Auto da Compadecida , assim como Morte e Vida Severina e Vidas Secas , mostra uma triste realidade vivida no nordeste. Em Vidas Secas, de Graciliano Ramos, os personagens e vítimas da seca e das autoridades são a família de Fabiano, que vaga de fazenda em fazenda em busca da sobrevivência, enquanto João Grilo e Chico viviam na mesma região buscando sempre melhorar de vida .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Amélia



Mensagens : 29
Data de inscrição : 21/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Sab Nov 28, 2015 10:15 am

Auto da Compadecida, Vidas Secas e Morte e Vida Severina retrata a triste realidade do sertão nordestino. Na obra de Ariano Suassuna os personagens João Grilo e Chicó permanecem no local ondem nasceram lutando contra a pobreza enquanto na obra de Graciliano Ramos, a família do personagem Fabiano migra a procura de uma melhora em sua condição de vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
João Vítor Xavier



Mensagens : 27
Data de inscrição : 24/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Seg Nov 30, 2015 3:20 pm

o Auto da Compadecida retrata uma das realidades do sertão nordestino, a da seca,e mostra a luta contra a seca e contra o abuso de autoridades que procuram lucrar com as dificuldades de uma população, que apesar de todas as dificuldades não perde as esperanças.
Podendo assim estabelecer uma comparação entre as obras de Ariano Suassuna, Graciliano Ramos e João Cabral de Melo neto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
João Vítor Xavier



Mensagens : 27
Data de inscrição : 24/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Seg Nov 30, 2015 3:20 pm

o Auto da Compadecida retrata uma das realidades do sertão nordestino, a da seca,e mostra a luta contra a seca e contra o abuso de autoridades que procuram lucrar com as dificuldades de uma população, que apesar de todas as dificuldades não perde as esperanças.
Podendo assim estabelecer uma comparação entre as obras de Ariano Suassuna, Graciliano Ramos e João Cabral de Melo neto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luiza Rosa



Mensagens : 11
Data de inscrição : 01/12/2015

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Ter Dez 01, 2015 8:25 pm

Auto da Compadecida,Vidas Secas e Morte e Vida Severina relatam a triste realidade do sertão nordestino.
Em Vidas Secas,Fabiano e sua família sempre estavam mudando em busca de vida melhor,já no Auto da Compadecida os personagens sempre estão no mesmo local.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victor Arruda



Mensagens : 26
Data de inscrição : 20/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qua Dez 02, 2015 5:03 pm

Auto da Compadecida e Vidas Secas retratam a realidade do sertão nordestino.
No Auto da Compadecida João Grilo e Chico tentam sobrevive na suas cidades já em Vidas Secas,Fabiano e sua família estavam sempre mudando em busca de melhor qualidade de vida. Em Morte Vida Severina também retrata a realidade das secas e pobrezas do sertão nordestino
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victor Arruda



Mensagens : 26
Data de inscrição : 20/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qua Dez 02, 2015 5:04 pm

Auto da Compadecida e Vidas Secas retratam a realidade do sertão nordestino.
No Auto da Compadecida João Grilo e Chico tentam sobrevive na suas cidades já em Vidas Secas,Fabiano e sua família estavam sempre mudando em busca de melhor qualidade de vida. Em Morte Vida Severina também retrata a realidade das secas e pobrezas do sertão nordestino
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LauraAlbuquerque02



Mensagens : 9
Data de inscrição : 13/08/2015

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qua Dez 02, 2015 5:29 pm

Ambas as obras, retratam o sofrimento causado pela seca, a vida triste, sofrida e difícil dos Nordestinos. Na obra de Graciliano Ramos, Fabiano procura abrigo fora do sertão para que possa conseguir seu sustento e vida mais fácil, apesar do amor pelo lugar. Já na obra de Ariano Suassuna João Grilo e Chicó, resistem em deixar o sertão, por mais difíceis que sejam suas vidas, eles preferem dar seu jeito pra tudo, e foi o que fizeram na obra, mentiram, enganaram apenas para se sustentarem, para ganharem seu dinheirinho e sobreviver.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bruna Lemos



Mensagens : 7
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qua Dez 02, 2015 5:32 pm

Tanto O Auto da Compadecida, quanto Vidas Secas e Morte Vida Severina, retratam a triste realidade do sertão nordestino. Na obra de Ariano Suassuna João Grilo e Chicó vivem no mesmo local onde nasceram tentando lutar contra a pobreza e as dificuldades, já na obra de Graciliano Ramos, Fabiano e sua família migram a procura de uma vida melhor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anna Luiza Monteiro



Mensagens : 23
Data de inscrição : 12/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qua Dez 02, 2015 7:12 pm

O Auto da Compadecida se aproxima das obras de Graciliano Ramos (Vidas Secas) e João Cabral de Melo Neto (Morte e vida severina) nos aspectos do assunto do enredo, ou seja, todas as obras citadas relatam a vida dos sertanejos que buscam melhores oportunidades de vida. Pode-se destacar uma importante diferença no que diz respeito ao destino final dos personagens, uma vez que em Vidas Secas e em Morte Vida Severina os personagens principais estão migrando para outras cidades e na obra de Ariano Suassana, no caso, Chicó e João Grilo, mantem-se em sua cidade natal, mas sempre lutando em busca de uma vida melhor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vinícius Eduardo



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qua Dez 02, 2015 8:07 pm

A Obra de Ariano Suassuna faz um paralelo às obras Vidas Secas e Morte e Vida Severina nas questões sociais do nordeste e na difícil vida que lá possuía e ainda possui. A diferença entre a obra de Ariano e a obra de Graciliano é o fato de Fabiano e sua família mudar frequentemente de moradia procurando melhores condições (obra de Graciliano Ramos) e os personagens principais da outra obra (João Grilo e Chicó) sempre viviam no mesmo local, acostumados a conviver com a pobreza e a miséria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rafaela Arruda



Mensagens : 20
Data de inscrição : 20/04/2015

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qui Dez 03, 2015 12:20 pm

Nas obras O Auto da Compadecida e Morte e Vida de Severina é retratado a dificuldade de morar no sertão nordestino, sofrendo com a miséria, fome e seca, assim como também é relatado em Vidas Secas, porém na obra de Graciliano Ramos, os personagens principais se mudam com frequência em busca de uma vida melhor, enquanto nas outras obras não.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
João Vitor Valadares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/11/2014
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qui Dez 03, 2015 2:10 pm

As três obras(Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna,  Vidas Secas, de Graciliano Ramos, e Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto) abordam temas em comum. O mais marcante é que todas retratam situações ligadas a realidade refente ao Sertão nordestino, onde tem-se a presença da fome, miséria, corrupção, e tantos outros sérios problemas. Os autores  Ariano Suassuna, Graciliano Ramos e João Cabral de Melo Neto, apresentam também em comum a finalidade de suas obras, que é denunciar e fazer os leitores refletirem sobre certas mazelas sociais que muitas vezes são encobertadas e deixadas de lado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor Rocha



Mensagens : 29
Data de inscrição : 18/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro    Qui Dez 03, 2015 2:25 pm

A obra Auto da Compadecida, assim como, Vidas Secas e Morte e Vida Severina retratam a situação vivida pela população do nordeste brasileiro. Mostra a dificuldade enfrentada por ele em relação a seca e a pobreza extrema. Na obra de Ariano Suassuna, João Grilo e Chicó, mesmo passando dificuldades, permanecem no sertão em busca de sobrevivência e de alguma riqueza. Já Graciliano Ramos, apresenta o personagem Fabiano que migrava de fazenda em fazenda com sua família em busca de chuvas e melhores condições de vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Léo Alves



Mensagens : 8
Data de inscrição : 03/12/2015

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qui Dez 03, 2015 4:52 pm

O Auto da Compadecida é muito parecido com Vidas Secas e Morte e Vida Severina pois leva em consideração as questões sócias do nordeste e a difícil vida q eles tem q passar por la. A obra de Ariano Suassuna faz com q o personagem principal (João Grilo) busque uma maneira de ver naquele local cheio de pobreza e miséria, mentindo pra conseguir um pouco de comida e sem desistir. Em Vidas Secas eles n ficavam no mesmo local, ficavam procurando lugares com melhores condições para se viver.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eduarda Araújo



Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qui Dez 03, 2015 8:13 pm

As obras O Auto da Compadecida,Morte e Vida Severina e Vidas Secas retratam a triste realidade do sertão nordestino e dos sertanejos que sofrem pela seca e pela miséria na região.Nas três obras é relatado a busca contínua de uma melhor condição de vida,diferenciando-se apenas ao destino final dos personagens.Na obra de Ariano Suassuna os personagens principais João Grilo e Chicó permanecem no local ondem nasceram,enquanto na obra de Graciliano Ramos,a família do personagem Fabiano migra a procura de uma melhor condição de vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura Alves



Mensagens : 29
Data de inscrição : 20/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qui Dez 03, 2015 9:07 pm

A obra O Auto da Compadecida tem uma finalidade semelhante às obras Vidas Secas e Morte e Vida Severina. A diferença entre elas é que, na primeira, mesmo com as péssimas condições de vida no nordeste, seca, escassez de chuva e condições sociais, João Grilo e Chicó lá permanecem, enquanto que em Vidas Secas, os personagens mudam constantemente procuprando um lugar que ofereça melhores condições e que a seca nao seja tão forte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luan Alves

avatar

Mensagens : 17
Data de inscrição : 20/04/2015

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Qui Dez 03, 2015 10:44 pm

As obras citadas retratam a árdua realidade do sertão nordestino que confronta seus habitantes com escolhas difíceis quando se trata de sobreviver. Vidas Secas e Morte e Vida Severina retratam tal realidade de uma maneira muito similar, descrevendo o homem nordestino com detalhes preciso e coesos. Já no Auto da Compadecida os personagens, ainda que representados na mesma dura situação, possuem uma personalidade caricaturada com um cunho cômico. As atitudes dos personagens mediante às dificuldades também diferem, sendo Fabiano um homem honesto e João Grilo um mentiroso matreiro que permanece em sua terra natal apesar de todas as dificuldades enfrentadas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor Hugo



Mensagens : 27
Data de inscrição : 25/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Sex Dez 04, 2015 8:25 am

Tanto a obra O Auto da Compadecida, quanto Vidas Secas e Morte e Vida Severina retratam a vida dura e as dificuldades do sertão Nordestino. A diferença é que no Auto da Compadecida os personagens ainda vivem na região mesmo com todas as dificuldades enquanto nas outras eles acabam migrando em busca de melhores condições.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura Arruda



Mensagens : 26
Data de inscrição : 15/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Sex Dez 04, 2015 12:50 pm

O Auto da Compadecida, Vidas Secas e Morte e Vida Severina abordam, de maneiras diferentes, a vida no nordeste. Ambas as obras abordam a pobreza, a seca, desigualdade social, e até religião. A diferença entre a obra de Ariano Suassuna é que os personagens são conformados com a vida no sertão, enquanto nas obras de Graciliano Ramos e João Cabral de Melo Neto eles buscam melhores condições se mudando para outra região.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Luiza



Mensagens : 29
Data de inscrição : 26/11/2014

MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   Sex Dez 04, 2015 2:29 pm

Auto da Compadecida, Vidas Secas e Morte e Vida Severina retrata a realidade no sertão nordestino. Na obra de Graciliano Ramos, a família do personagem Fabiano migra de fazenda em fazenda a procura de uma melhor condição de vida. Já na obra de Ariano Suassuna os personagens João Grilo e Chicó permanecem no local onde nasceram lutando contra a pobreza e a seca.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Universo do Cordel e do Teatro   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Universo do Cordel e do Teatro
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» O Universo do Cordel e do Teatro
» Universo em movimento.
» Simulador do Universo
» Sites confiáveis ou não para comprar jogos
» Mortal Kombat 9

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Literatura CNEC :: O Auto da Compadecida (Ariano Suassuna)-
Ir para: