Literatura CNEC

Fórum destinado à discussão de obras literárias. O objetivo deste fórum, além disso, é substituir a avaliação tradicional, e fomentar reflexões mais profundas.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Análise Geral da Obra

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Flávio Machado
Admin
avatar

Mensagens : 86
Data de inscrição : 10/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Análise Geral da Obra   Qui Abr 07, 2016 6:06 pm

Baseado em seus conhecimentos adquiridos em sala de aula sobre literatura brasileira e na leitura da obra, faça, de maneira sucinta, uma análise crítica da obra "Noite na Taverna".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://literaturacnec.forumbrasil.net
Nicole Valadares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sex Abr 15, 2016 1:17 pm

A obra Noite na Taverna de Álvares de Azevedo, faz parte da segunda fase do romantismo, ocorrida no século XVIII, tem como as características: ultrarromantismo, mal do século, pessimismo, melancolia. Nos contos, o eu lírico encontra na morte uma solução para seus problemas existenciais e ele sempre está em constante conflito com a sociedade. A natureza interage com o eu-lírico, ela funciona quase como a expressão mais pura do estado de espírito do narrador. A mulher é idealizada, angelical e na maioria das vezes virgem
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vinícius Eduardo



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sex Abr 15, 2016 7:29 pm

A obra de Álvares de Azevedo, um dos principais autores da segunda fase do Romantismo na Europa, Noite na Taverna, retrata várias características de tal fase, como o escapismo pela morte, encontrado a todo momento na obra, a melancolia, o mal do século (muitas pessoas morreram de tuberculose, coisa que se tem como exemplo também na obra, onde todos as personagens estão em uma taverna bebendo vinho e na maioria das histórias contadas por eles apresentam trechos em que os mesmos também estão bebendo), o pessimismo, o amor idealizado (como nas histórias contadas sempre há uma mulher na qual o eu lírico se apaixona sem ao menos tocá-la e é sempre pálida, angelical e virgem), entre outras.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas Souza



Mensagens : 29
Data de inscrição : 14/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sex Abr 15, 2016 9:06 pm

O exemplar Noite na Taverna, de Álvares de Azevedo, é um clássico da segunda fase do Romantismo. No livro, encontra-se várias metáforas, que se apresentam em comparações e perguntas retóricas, dificultando um pouco a leitura. Além disso, é evidente na obra, traços ultrarromânticos, como: morbidez, escapismo, atração exagerada pela morte, melancolia, tédio, ambientes sombrios, obscuridade, discussões existencialistas, pessimismo, a idealização da mulher, com descrições envolvendo palidez, pureza e virgindade, além de capítulos abastados de histórias intensas e muito pesadas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alice Alves



Mensagens : 29
Data de inscrição : 12/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sab Abr 16, 2016 1:01 pm

A obra se insere na segunda fase da literatura romântica brasileira, possuindo características como a melancolia, o escapismo, a atração pela morte, pessimismo, mal do século, obscuridade, o amor idealizado, retratando a mulher como um ser puro, virgem e angelical. Nas histórias, o eu lírico encontra na morte a solução para os seus problemas existenciais, vivendo em constante conflito com a sociedade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luan Alves

avatar

Mensagens : 17
Data de inscrição : 20/04/2015

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sab Abr 16, 2016 1:44 pm

Sendo Álvares de Azevedo um autor integrante da segunda fase do Romantismo, conhecida também como ultrarromântica, ao redigir a obra Noite na Taverna este manteve características como a melancolia e obscuridade dos ambientes onde as histórias são retratadas. No quesito da idealização feminina foram mantidas as características angelicais, feições pálidas e a valorização da pureza, no entanto, a ocorrência do amor carnal é frequente e é de grande importância no desenrolar do enredo, ao contrário das demais obras de tal geração romântica onde o eu-lírico muitas vezes não mantinha contato físico com sua amada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriele Álvares



Mensagens : 19
Data de inscrição : 25/04/2015

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sab Abr 16, 2016 1:45 pm

A obra de Álvares de Azevedo faz parte da segunda fase do romantismo descrevendo o clima romântico byroniano, o pessimismo a melancolia. Os contos giram em torno dos temas do amor e da morte, que são relacionados pela presença de momentos de necrofilia, incesto, assassinatos, antropofagia. Assim, o amor está sempre na fronteira com a morte e a sexualidade se reveste de culpas e punições.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura Albuquerque



Mensagens : 6
Data de inscrição : 09/04/2015

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sab Abr 16, 2016 2:15 pm

Álvares de Azevedo foi um dos ícones da segunda fase do romantismo brasileiro, e nesta obra ele demonstra claramente as características dessa fase.
A segunda geração do romantismo é marcada pelo mal-do-século, o pessimismo, a melancolia, a morte pelo amor, o ultrarromantismo, e no livro são bem marcadas, inclusive, todos os contos tem fatores em comum, como o amor por certa mulher que faz com que façam loucuras por ele, é diferente de outras, tem o contato direto com a mulher amada, e essas mulheres são idealizaras como puras, pálidas, angelicais.
Tem também a obscuridade dos lugares que ocorrem cada conto e também da taverna em que eles se encontram.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Júlia Couto123



Mensagens : 4
Data de inscrição : 15/04/2016

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sab Abr 16, 2016 2:21 pm

A obra Noite na Taverna faz parte da segunda geração do Romantismo, retratando várias características da época, sendo elas, o pessimismo, sentimentalismo exacerbado, melancolia, entre outros. O eu lírico encontra na morte solução para todos os seus problemas, além disso, procura sempre idealizar a mulher amada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
João Vítor Xavier



Mensagens : 27
Data de inscrição : 24/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sab Abr 16, 2016 4:57 pm

Alvares de Azevedo, considerado o maior autor da segunda fase do romantismo brasileiro, em sua obra Noite na Taverna o autor retrata varias características do movimento, como o pessimismo, a melancolia e o desejo de escapismo tendo a morte como mecanismo de fuga. Deixando bem claros os padrões ultrarromânticos em historia contada por seus personagens.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daniana Pereira



Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sab Abr 16, 2016 5:31 pm

Álvares de Azevedo é um dos principais autores romantistas, sendo considerado o maior autor da segunda fase. Noite na Taverna retrata muito bem essa fase, preservando maior parte de suas características: desejo de escapismo, tendo a morte como mecanismo de fuga, metáforas, ambientes sombrios, obscuridade, discussões existencialistas, pessimismo, a idealização da mulher, com descrições envolvendo palidez, pureza e virgindade. Mas, nela há uma alteração na chamada idealização, pois o amor acontece.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura Alves



Mensagens : 29
Data de inscrição : 20/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sab Abr 16, 2016 5:52 pm

A obra de Álvares de Azevedo, Noite na Taverna, faz parte da segunda fase do Romantismo, e consequentemente apresenta características típicas deste período, como o pessimismo, melancolia, mal do século, escapismo através da morte, em que na maioria dos contos essa é a solução para os problemas do autor, ambientes sombrios, idealização da mulher, (que também se faz bastante presente, sendo esta sempre pura, angelical e virgem), entre outras.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
João Vitor Valadares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/11/2014
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sab Abr 16, 2016 7:56 pm

A obra "Noite na Taverna", de Álvares de Azevedo, é uma manifestação clara da segunda geração do Romantismo por carregar características marcantes dessa fase, como por exemplo o ambiente obscuro e dos sonhos, a idealização da mulher, o ultrarromantismo, etc. As narrativas dos personagens da obra apresentam um padrão mais ou menos similar, com o personagem contando um possível ocorrido sempre num tom obscuro e misterioso. O escapismo está presente nas narrativas, uma vez que os personagens sempre vivem situações anormais como antropofagia, necrofilia, entre outras, e estão sempre buscando o desejo pessoal,geralmente no sexo.
Álvares de Azevedo, que ficou mais conhecido por sua poesia, apesar desse texto em prosa que ele produziu tem perspectivas de amor diferentes. Na sua poesia o amor é puro, idealizado e divino, já nessa obra o amor é apresentado de forma doentia, um amor sempre ligado aos prazeres carnais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luiza Rosa



Mensagens : 11
Data de inscrição : 01/12/2015

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Sab Abr 16, 2016 10:09 pm

A obra Noite na Taverna é da segunda fase do Romantismo e tem como características o ultrarromantismo,mal do século,melancolia,idealização do amor e da mulher,atração pela morte.No livro o autor Álvares de Azevedo mostra a morte como solução de todos os problemas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Letícia Sousa



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 12:49 pm

A obra de Alvares de Azevedo, "Noite na Taverna" faz parte da segunda fase do Romantismo, tendo como características a melancolia, atração pela morte, obscuridade, pessimismo,a mulher idealizada,pura, etc. O autor retrata a morte como sendo a solução de todos seus problemas, sempre em busca de satisfazer seus desejos, independendo da situação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor Rocha



Mensagens : 29
Data de inscrição : 18/11/2014

MensagemAssunto: R: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 1:38 pm

Álvares de Azevedo, um dos mais importantes autores da segunda fase do romantismo brasileiro traz em umas de suas poucas obras traços ultrarromânticos, como: atração exagerada pela morte, melancolia, ambientes sombrios, obscuridade, pessimismo, idealização da mulher virgem, pálida e pura. O autor retrata personagens que estão em constantes conflitos com a sociedade e que apresentam vontade de morrer por amor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura Arruda



Mensagens : 26
Data de inscrição : 15/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 2:17 pm

"Noite na Taverna", de Alvares de Azevedo é considerada uma das mais importantes obras da segunda fase do romantismo brasileiro. Com características fortemente subjetivistas, melancólicas e obscuras o autor descreve o escapismo e o mal do século, com personagens conflituosos tanto moralmente quanto socialmente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Amélia



Mensagens : 29
Data de inscrição : 21/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 2:52 pm


Álvares de Azevedo é um dos autores mais reconhecido da segunda fase do romantismo. Seu livro mais famoso é Noite na Taverna, livro com traços ultrarromânticos, enfatizando a obscuridade, melancolia, o morrer de amor, pessimismo e a caracterização da mulher como pálida e virgem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Caio José



Mensagens : 27
Data de inscrição : 26/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 4:43 pm

Noite na Taverna, foi escrita por Alvares de Azevedo e sendo considerada uma das mais importantes obras do período ultra romântico da literatura brasileira, representa os pensamentos e os sentimentos de todo uma geração de poetas e escritores. Na obra fica claro algumas características da segunda fase do romantismo, tais como a subjetividade, a melancolia, a obscuridade e a atração pela morte, o autor também conseguiu sintetizar na obra assuntos polêmicos na época e que até hoje geram fortes discussões como o estrupo, a prática de antropofagismo, o sequestro e a traição. Na obra não temos um personagem para chamar de herói, como ocorre nas obras da primeira fase do romantismo, todos os personagens são obscuros e são assombrados pelos seus respectivos passados. Na obra de Alvares de Azevedo o amor é um tanto diferente dos representados nas demais obras da época, sendo um amor idealizado que ao se realizar acaba, normalmente com um final trágico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victor Arruda



Mensagens : 26
Data de inscrição : 20/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 5:45 pm

Noite na taverna de foi escrita por  Álvares de Azevedo, que faz parte da segunda fase do Romantismo que tem como carracterísticas o ultrarromantismo,mal do século,melancolia e atração pela morte.O livro se baseá praticamente em bebida ,sexo e morte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Giovanni Avelar



Mensagens : 27
Data de inscrição : 12/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 7:27 pm

Noite na Taverna é uma obra de Álvares de Azevedo,autor da chamada segunda fase do romantismo brasileiro, que, chamada de "ultrarromântica", "mal do século", ou ainda "byroniana", é caracterizada por um profundo subjetivismo, melancolia, sentimentalismo, dentre outras características.Desta maneira, a obra é estruturada por estas características durante toda a narrativa, sendo por exemplo, a ambientação detalhada de maneira a exaltar o estado de espírito do personagem-narrador, sempre pessimista e melancólico. Há ainda uma busca pelo significado da vida e fuga desta pela morte ou amor, este sempre idealizado em um primeiro momento ,com uma mulher pálida, de feições angelicais e pura, algo comum as produções dessa segunda geração do romantismo, porém aqui o amor se concretiza porém não de forma perfeita e idealizada.Com seu profundo subjetivismo, a verdade do livro está no significado da vida e do amor para seus personagens, sendo o realismo que sustenta o enredo deixado de lado, assumindo o livro assim, uma característica bem irreal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Luísa Morato Nicoli



Mensagens : 19
Data de inscrição : 17/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 7:28 pm

A obra de Álvares de Azevedo é retratada na época do Romantismo no século VXIII, tem como principais características o mal-do-século, ultra-romantismo, melancolia e pessimismo. No conto A Noite na Taverna mostra que a morte é a solução para o problema de todos os personagens.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor brito



Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 8:15 pm

A obra "Noite na Taverna" trás a tona a segunda fase do romantismo apresentando em seu delongar melancolia, contos ultra-românticos, pessimismo, entre outros. Todos os personagens trazem a morte e o sofrer do ser humano das maneiras mais cruéis que se pode imaginar, escrito por Alvares de Azevedo em plenos 21 anos e durante o romantismo no séc XVIII.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo Emílio



Mensagens : 22
Data de inscrição : 25/11/2014

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 8:18 pm

A obra de Álvares de Azevedo, Noite na Taverna, retrata várias características do romantismo brasileiro, como o escapismo pela morte, encontrado a todo momento na obra, a melancolia, o mal do século, como exemplo na obra, onde todos as personagens estão em uma taverna bebendo e na maioria das histórias contadas apresentam trechos em que estão bebendo. O pessimismo, o amor idealizado, que é retratado por uma mulher na qual o eu lírico se apaixona sem ao menos tocá-la e é sempre pálida, angelical e virgem. Apesar de que na sua poesia o amor é puro, idealizado e divino, já nessa obra o amor é apresentado de forma doentia, um amor sempre ligado aos prazeres carnais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rafaela Arruda



Mensagens : 20
Data de inscrição : 20/04/2015

MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   Dom Abr 17, 2016 8:35 pm

"Noite na Tavena" é uma obra escrita por Alvares de Azevedo, que em sua juventude foi um dos maiores representantes do romantismo no séc XVIII, retratando claramente a melancolia, o mal do século, o pessimismo e o morrer por amor, que são os principais tópicos citados nesse período literário, alem de sempre ressaltar o estado de espírito do eu-lírico e detalhar bem o cenario onde ocorre a narrativa que na maioria das vezes é melancólico e macabro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Análise Geral da Obra   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Análise Geral da Obra
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Alerta Geral: Furto de Coleções em Anápolis/GO
» [Análise] Resident Evil 3 (PSOne)
» [Brasil] Exército entrega obra no aeroporto de Guarulhos antes do prazo e com econômia
» [Análise] Shadow of The Colossus - PS2
» PC: Análise de «Microsoft Flight»

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Literatura CNEC :: Noite da Taverna (Álvares de Azevedo)-
Ir para: