Literatura CNEC

Fórum destinado à discussão de obras literárias. O objetivo deste fórum, além disso, é substituir a avaliação tradicional, e fomentar reflexões mais profundas.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 A Vingança da Peroba

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Flávio Machado
Admin
avatar

Mensagens : 86
Data de inscrição : 10/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: A Vingança da Peroba    Seg Ago 01, 2016 9:56 pm

Faça um parágrafo, completo, coerente e coeso, contendo no mínimo 8 e no máximo 12 linhas, realizando uma resenha crítica sobre o conto "A Vingança da Peroba".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://literaturacnec.forumbrasil.net
Getúlio Andrade



Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Sex Ago 12, 2016 5:56 pm

O conto "A vingaça da Peroba", escrito por Monteiro Lobato e publicado em um livro de contos, denominado "Urupês" em 1918. Retrata a vida de um "caipira", na tentativa de conseguir alguma prosperidade.
No decorrer da história é mostrado como o machismo é visto pela sociedade, sendo nitidamente representado na diferença de prosperidade econômica entre uma família composta por homens e uma família composta por mulheres, além de apresentar o total domínio masculino, sobre a casa. A obra também aponta a questão dos vícios, usados para mostrar que na concepção de Nunes, homem é aquele que bebe, fuma e anda armado.
A história leva ao seu fim a questão da inveja e de suas consequências, a partir do momento em que por tamanha vontade de se sobressair sobre seu vizinho, Nunes faz uma construção com medidas erradas, levando o monumento à falha e mais adiante a graves acidentes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Guilherme Moreira

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Dom Ago 14, 2016 3:11 pm

O conto "A Vingança de Peroba" , Escrito por Monteiro Lobato , conta a vida de um "fazendeiro" , que após certas intrigas com a família vizinha , resolve deixar de lado a preguiça e finalmente investir em suas terras , como princípio a essa iniciativa a inveja e o desejo de superioridade da família Porunga.
No desenvolvimento do conto , o autor , retrata muito a questão de machismo , onde se ter filhas é uma desvantagem e ter filhos é uma vantagem . Também nos mostra a questão do estereótipo de "Homem de verdade" na consciência de Nunes, onde para ser um precisa-se beber , fumar e andar com uma faca de ponta consigo.
Ao final , acontece uma "premonição" meio indireta do aleijado que fala que certas árvores se vingam por terem sido cortadas. Com o final trágico , ficou-se por entender que a inveja e o desejo de superioridade têm suas consequências .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thais



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Seg Ago 15, 2016 1:06 pm

"A vingança de Peroba" conto escrito por Monteiro Lobato, retrata a vida de Nunes um fazendeiro no qual possui uma enorme desavença com seu vizinho -Porunga-.Com intenção de mostrar superioridade a família do vizinho, o primeiro deixa sua preguiça de lado e decide enriquecer contando com o futuro investimento em suas terras.
O autor ressalta como o machismo era notável na família de quem inveja vulgo família de Nunes. Nunes possui uma opinião forte e no entanto extremista onde considerava "homem de verdade" os quais faziam uso de drogas amenizadoras -drogas lícitas como cigarros e bebidas alcoolicas- e também aqueles que portavam como arma uma faca com ponta.
A obra em seu final da como uma impiedosa e inusitada lição de vida que o desejo de ser superior e a ineveja possui desastrosas e no entanto negativas consequências.


Última edição por Thais em Seg Ago 15, 2016 5:42 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Amanda Tavares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 15/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Seg Ago 15, 2016 2:00 pm

O conto "A vingança de Peroba" escrito por Monteiro Lobato,retrata a oposição entre duas famílias que viviam se desentendendo(Os Porunga,de vida boa e os Nunes,mergulhados na preguiça).A família Nunes era composta por muitas mulheres e apenas um menino,o que era ruim na visão dele,pois era muito machista e acreditava que ter filhas era uma desvantagem.O menino logo se pôs a beber,fumar e a bater nas mulheres,por influência do pai bêbado.
Nunes movido pela rivalidade e inveja,resolve deixar a preguiça de lado e finalmente investir em suas terras,seus esforços deram resultado gerando uma boa colheita de milho.Assim,em sua visão é necessário a construção de um manjolo,que não funcionou como deveria,então Nunes se embebeda com o filho e adormece.Mais tarde,acorda com os gritos das mulheres,uma tragédia havia acontecido.O que deixa uma lição a Nunes: desejo de superioridade e inveja não traram coisas boas a ninguém,pelo contrário atrairá apenas coisas ruins


Última edição por Amanda Tavares em Ter Ago 16, 2016 5:26 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Augusto Vilela



Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 16
Localização : Abaeté-MG

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Seg Ago 15, 2016 2:58 pm

O conto "A vingança da Peroba", do livro "Urupês", de Monteiro Lobato revela a rivalidade juntamente com a inveja que se mostravam presentes em muitas fazendas em algumas décadas atrás. No conto, a inveja é fortemente retratada na família dos Nunes em relação aos Porunga, economicamente superior à aquela. Inserido no contexto histórico do modernismo, Monteiro Lobato, e outros escritores rompem com o tradicionalismo e enfatizam em seus textos a vida problemática de muitos brasileiros. Voltando ao conto, Nunes decide cortar a peroba, árvore localizada na divisa da fazenda para construir seu engenho e cada vez mais se por a frente na disputa com seu rival. Ao longo do conto, percebe-se que pela fala sugestiva de uma das personagens que entrou mais ao final do conto, a tamanha vontade de ficar acima de seu rival, gerou muitas consequências negativas para sua família, incluindo tristeza e arrependimento. Recomendo esta história para leitores que se interessam por narrativas fortes e intrigantes. É exatamente esse lado que Monteiro Lobato procura explorar em seus contos.


Última edição por Augusto Vilela em Ter Ago 16, 2016 4:22 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Emília Pereira



Mensagens : 26
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Seg Ago 15, 2016 3:45 pm

O conto “A Vingança da Peroba”, presente no livro “Urupês” de Monteiro Lobato, publicado em 1918, relata a oposição de duas famílias, a Purunga e a Nunes. Purunga era uma família trabalhadora e, consequentemente, bem sucedida. Já a família Nunes era desorganizada, fruto de sua preguiça, e cercada de vícios. Levado pela inveja e rivalidade, Nunes resolve investir em suas terras, e pouco tempo depois, colhe os frutos do seu empenho.
A obra descreve a valorização do homem na família e sua imposição, dando importância irrelevante às mulheres, inclusive às próprias filhas. Relata, inclusive, a questão dos vícios. Para Nunes, só era considerado homem aquele que fuma e bebe. Menciona também a desvalorização do morador rural. Nunes não sabia muito e usava “béé” para amedrontar as pessoas, o que poderia ser comparado a um animal, sendo que, na onomatopeia, corresponde ao som produzido pela ovelha. O desfecho se baseia nas consequências geradas pela ganância e inveja.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Eduarda

avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Seg Ago 15, 2016 6:08 pm

O conto "A vingança da Peroba", do livro Urupês, apresenta a negligência e inveja presente entre muitas famílias de algumas épocas atrás. De um lado, a família Purunga, família forte e com uma vida estabilizada, do outro, a família Nunes, com seus vícios e sua indolência. O desentendimento das famílias ocorre quando um membro da Família Purunga corta uma paca, muito desejada pelo "chefe" da família Nunes. O desejo de vingança e inveja de seu vizinho leva Nunes a cortar uma peroba, que dividia as duas fazendas,e construir um monjolo, que em um descuido depois de pronto, acaba matando seu filho. Monteiro Lobato tenta mostrar através do seu conto que a inveja e a rivalidade pode subir a cabeça das pessoas, e pode levar à tragédias e lamentações.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Luísa Mendes

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Seg Ago 15, 2016 9:47 pm

O conto "A Vingança da Peroba", do livro "Urupês", de Monteiro Lobato foi publicado em 1918. É um conto que critica o atraso rural provocado pela negligência e inveja de fazendeiros.
Relatando assim, a contradição entre duas famílias, os Porunga (fortes, cheia de filhos trabalhadores) e os Nunes (preguiçosos, desorganizados e "cachaceiros").
A discórdia entre as famílias ocorre quando um Porunga caça uma paca, há muito desejada por Nunes, assim hostilidade e fúria tomam conta do mesmo e ele resolve cortar uma peroba imensa, que estava na divisa das duas terras, e construir um monjolo.
A rivalidade subiu à cabeça de Nunes que não pensou que o monjolo ficaria torto após sua construção, levando a um desfecho com sérias consequências.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marina Campos



Mensagens : 30
Data de inscrição : 14/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Seg Ago 15, 2016 11:24 pm

Neste conto, podemos perceber dois jeitos opostos de se viver. Apresentados assim, entre duas famílias (Nunes e Porunga). A primeira citada a cima, são pessoas preguiçosas e que gostam de ingerir bebidas alcoólicas. Já a segunda, são pessoas fortes e com um bom padrão de vida. Acontece que como os Nunes não queriam perder para os Porunga no desenvolvimento, decidiram então construir um monjolo onde precisou cortar diversas árvores. Este no qual, acaba por ser feito de qualquer forma e esmagando a cabeça do filho do nome da família Nunes após ambos terem bebido bastante. Graças à falta de cuidado, logo após, o mesmo quebra a máquina. Podemos retirar deste brilhante conto, o fato de que devemos realizar nossas ações com cuidado e responsabilidade. Além de que precisamos traçar nossos caminhos sem invejar ao próximo, pois cada um escreve sua história. E se escrita direito, só terás positividade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Giovanna Soares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 1:17 pm

O conto " A Vingança da Peroba ", escrito por Monteiro Lobato, representa a rivalidade entre duas famílias, de um lado os Porungas, fortes, trabalhadores e de uma vida bem estabelecida, de outro lado, os Nunes, que viviam na cachaça e na preguiça. Essas duas famílias acabam se desentendendo por causa de uma paca, que foi caçada por um Porunga, mas que era desejada por Nunes, o qual não quis ficar por baixo, e acabou cortando uma peroba que estava na divisa das duas terras, construindo então ali um monjolo, que ficou todo torto e barulhento, trazendo várias consequências como a morte de seu filho. A moral da história é que a rivalidade e a ganância de querer " estar por cima " acaba trazendo sérios problemas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Júlia Faria



Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 2:16 pm

O conto “A vingança da Peroba”, escrito por Monteiro Lobato, publicado na obra “Urupês” em 1918,retrata a vida de dois vizinhos, Porunga e Nunes, onde há uma oposição entre as famílias, os porungas, família cheia de filhos homens trabalhadores, fortes que tem uma vida estabilizada graças à força de vontade, e os Nunes, mergulhados na preguiça, desorganização e cachaça tendo mais filhas mulheres e apenas um filho homem.
Neste conto é nítido a rivalidade e inveja, onde Nunes resolve investir em suas terras, derrubando assim uma árvore na divisa das fazendas e construir um monjolo, pensando em aumentar seus rendimentos e continuar a disputa com seu rival. Mas, esta inveja não trouxe fatores positivos para Nunes causando assim um arrependimento.
É bastante presente também a superioridade do homem na sociedade, onde Nunes considera o homem como papel fundamental na família e na sociedade, e para ele só é considerado homem aquele que bebe e fuma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Camila Oliveira



Mensagens : 27
Data de inscrição : 15/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 3:10 pm

O conto "A vingança da Peroba" escrito por Monteiro Lobato e publicado em sua obra "Urupês" consiste em uma história de rivalidade entre duas famílias vizinhas, a de Porunga e a de Nunes. Porunga com seus filhos homens, sua fazenda bem arrumada, com suas ferramentas de trabalho mais organizadas e com uma renda provavelmente bem satisfatória despertava a enorme inveja de Nunes. Durante o enredo Nunes procura cada vez mais "imitar" seu vizinho, mas com a raiva e a vontade apenas de ser melhor que o outro termina em fazer as coisas erradas, o conto também acaba transmitindo uma ideia de machismo quando Nunes sente raiva por ter apenas um filho homem e o resto de mulheres que na sua concepção são praticamente inúteis. Ele tenta transformar o filho que é apenas uma criança na sua ideia de "macho" que é quem bebe, fuma e anda armado acabando por transmitir transtornos a sua mulher e filhas. O conto tem um desfecho como sua moral e consequência por atos errados de Nunes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabrielle Winkelstroter



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 5:04 pm

"A Vingança da Peroba" é um conto escrito por Monteiro Lobato e publicado em 1918 no livro Urupês. A história narra a malquerença entre duas famílias, os Porunga, fortes e prósperos, e os Nunes, preguiçosos, desorganizados e cheios de vícios. O desenrolar ocorre quando Nunes, impulsionado pela rivalidade entre os dois, derruba a Peroba, marco da divisa entre as duas propriedades. No entanto, segundo a crença, o pau era enfeitiçado e portanto, vingaria-se de quem a derrubou, castigo este que lançou-se sobre a família de Nunes.
A linguagem simples e popular de Lobato contrasta-se com a complexidade de suas narrativas. Temas recorrentes como machismo, inveja, vícios e a desvalorização do morador rural estão presentes em sua obra, como pode ser observado em alguns trechos:

“cônscio de que já era homem o piquirinha batia nas irmãs, cuspilhava de esguicho, dizia nomes à mãe, além de muitas outras coisas próprias de homem.”

“Certa vez contaram ao Nunes que Pedro Porunga trazia negócio duma besta arreada. Besta arreada, o Porunga! Doeu-lhe aquilo no fundo da alma. Era atrepar demais.]

“– Bééé! – urrou Nunes, estomagado. – Cale essa boca! Mulher não
entende das coisas…”

"Homem que não bebe, não pita, não tem faca de ponta, não é homem, dizia o Nunes.”

Outro recurso presente em "A Vingança da Peroba" e já utilizado por Monteiro em "O Mata-Pau", é a antecipação do clímax, quando o desfecho da história foi adiantada pela narração da "lenda do pau de feitiço".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alice Castro



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 5:37 pm

O conto “A Vingança do Peroba”, escrito por Monteiro Lobato, relata uma desavença vivida entre dois vizinhos que têm vidas opostas: Porunga e Nunes. O primeiro é constituinte de uma família cheia de filhos homens, que trabalham e prosperam. Já o velho Nunes tem como filho homem apenas  Bernambi, o qual é influenciado pelo pai e acaba se tornando “cachaceiro”, motivando a inveja. Além disso, o desentendimento maior ocorre quando Porunga caça uma paca muito desejada por Nunes. E para não ficar atrás do outro, este resolve cortar uma grande peroba que estava na divisa entre as terras da fazenda para construir um monjolo, que depois de pronto, acaba retirando a vida se seu único filho homem. Portanto, no desfecho do conto é notável que a rivalidade e ambição não nos leva a lugar algum.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jorge Henrique

avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 08/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 5:53 pm

O conto "A Vingança da Peroba", escrito por Monteiro Lobato e publicado na primeira edição da obra "Urupês" em 1918 com o nome de "Chóóó! Pan!"; retrata a realidade machista e a rivalidade consequente da inveja, no meio campestre.
A narrativa demonstra como é a relação entre os membros da família patriarca, a qual o pai é dono de todas as ordens e decisões, em uma sociedade machista, como ainda é atualmente; em que "ser homem" é definido por beber cachaça e carregar canivete e espingarda. Ademais, o enredo retrata a rixa entre duas famílias de terras vizinhas: os Porungas, família de muitos filhos homens, fortes e trabalhadores; e os Nunes, de várias filhas e apenas um filho, mesmo novo, plasmado pelo pai como ébrio, indolente e ababelado.
Desta forma, podemos dizer que a apresentação do cenário e dos personagens é medíocre; devido à falta de exposição de grandes fatos e características sobre aqueles. Contudo, a história é apreciável, devido à sua reviravolta espetacular e seu encerramento excêntrico.
affraid


Última edição por Jorge Henrique em Ter Ago 16, 2016 7:28 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victória Ferreira



Mensagens : 27
Data de inscrição : 15/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 6:35 pm

"A Vingança da Peroba" é um conto escrito por Monteiro Lobato e publicado em 1918 no livro Urupês. O conto narra o que a inveja e o desespero dos fazendeiros fazem com suas vidas. A história é sobre duas famílias vizinhas, a de Porunga e a de Nunes, no qual a primeira possuía muitos filhos homens e sua fazenda era mais organizada e mais produtiva, a outra possuía apenas um filho homem que o pai fazia beber apesar de ser muito novo, pois se embebedar para o fazendeiro era parecer 'mais homem'. Durante o conto, Nunes derruba a Peroba que ficava na divisa das duas fazendas, e segundo a lenda o pau depois de derrubado ia se vingar de quem o maltratou e assim a família de Nunes ficou com a 'maldição'. O conto mostra a rivalidade, o machismo e a inveja que existe entre os fazendeiros.
O desenrolar do conto e principalmente o final, mostram como Monteiro Lobato prefere descrever as dificuldades e os problemas que a sociedade possui. Como no conto, que o filho de Nunes morre por causa da maldição que seu pai fez recair sobre a família.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otávio Maia



Mensagens : 33
Data de inscrição : 16/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 6:47 pm

O conto " A Vingança da Peroba", de Monteiro Lobato da obra Urupês, retrata uma oposição entre duas famílias, os Porunga, bem sucedidos de vidas bem estalecidas, fruto de esforço e trabalho, e os Nunes, preguiçosos, desorganizados e com alguns vícios, como a cachaça.
O conto aborda um tema polemico atualmente, o machismo, retratado no patriarca da família.
No desenrolar do conto movidos a inveja e rivalidade, os Nunes começam a trabalhar e investir em suas terras. Seus esforços tem frutos, gerando uma boa colheita. Os Nunes resolvem  construir um monjolo, para não ficar atrás dos Porungas, para construir o monjolo, resolvem cortar uma Peroba, arvore que ficava justo na divisa das fazenda. o corte da arvore e primordial para o desfecho da historia, um aleijado contratado para construção do engenho fala que certas arvores se vingam por terem sido cortadas.
Esse ar de premonição nas entrelinhas deixa a história mais envolvente, nos intrigando e fazendo que leiamos o conto ate o final. Achei bem forte as abordagens do autor quando fala do machismo e de uma criança ingerindo álcool.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Virgínia Araújo



Mensagens : 31
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 7:22 pm

O conto "A vingança da Peroba", foi escrito por Monteiro Lobato, um autor expressionista e regionalista, e publicado em um livro de contos, denominado "Urupês" em 1918. O conto relata a rivalidade entre duas famílias que possuem terras vizinhas. Ademais, mostra um machismo forte, tal que faz considerar as mulheres "inúteis". A discórdia teve início por uma paca, muito desejada pelos Nunes, que acabou sendo caçada pelos Porungas. Daí em diante, a família Nunes fazia de tudo para não ficar pra trás, o que levou a construção de um monjolo, que fora construído de mal jeito, levando o apelido de "Ronqueira". Envergonhado, Nunes e seu único filho homem saem para beber, e no dia seguinte, Nunes é acordado aos gritos de sua mulher, pois seu filho desaparecera. O desfecho da história é dado pelas consequências da rivalidade e inveja existentes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas Trindade



Mensagens : 27
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 7:52 pm

O conto “A Vingança da Peroba” de Monteiro Lobato, publicado em 1918, relata a história de duas famílias vizinhas, que possuíam certa rivalidade, a dos Nunes e a dos Porunga. Os Nunes sentiam inveja dos Porunga, pois esses tinham as terras bem cuidadas e possuíam muitos filhos homens, já os Nunes possuíam muitas filhas porém só tinham um filho. Este, era incentivado pelo pai a adquirir os vícios de beber e fumar, pois segundo ele para ser homem o filho devia fazer aquilo. Já as filhas, que não poderiam lhe ajudar nas tarefas do campo, eram maltratadas. Ao longo do conto, os Nunes tentam sempre estar na frente dos Porunga e por isso sofrem algumas consequências. Logo, percebemos que a história retrata o machismo presente na sociedade e a inveja, que é algo que de alguma forma traz consequências.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor Lessa



Mensagens : 28
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 8:16 pm

O conto "A vingança da Peroba" , escrito por Monteiro Lobato ,conta a historia de duas famílias que tinham uma um desentendimento entra si,elas eram os Porunga e os Nunes,os Porungas eram mais bem sucedidos já os Nunes não partilhavam da mesma sorte pois eram preguiçosos e mergulhados na cachaça .A tensão entre as duas famílias cresse quando os Porunga conseguem pegar uma paca que os nunes esta vão de olho ,dai os Nunes decidem fazer um monjolo para não ficar para traz ,mas seu monjolo e mau construído e leva o apelido de ronqueira.No fim de tudo os Nunes são cheios de inveja já que sempre querem ser melhores que a outra família.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Davi Zaidan



Mensagens : 17
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    Ter Ago 16, 2016 10:09 pm

O conto "A vingança da Peroba", escrito por Monteiro Lobato e publicado em um livro de contos, denominado "Urupês" em 1918, é mais um conto que critica a decadência rural provocada pela indolência dos fazendeiros, onde nele é mostrada a oposição entre duas famílias, os Porunga, forte e com vida bem estabelecida, e os Nunes mergulhados na preguiça, desorganização e cachaça. No decorrer do conto é presente a atuação do Machismo onde é visto com mais ênfase na família dos Nunes onde as filhas de Nunes são consideradas “inúteis” e apenas o filho homem tem lugar de prestígio, além de vícios “Homem que não bebe, não pita, não tem faca de ponta, não é homem, dizia o Nunes.”, encontrados também a desvalorização do morador da zona rural e a inveja, dos Nunes em relação aos Porunga. Ao chegar ao desfecho percebemos que a rivalidade e a inveja só trouxeram consequências.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Vingança da Peroba    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Vingança da Peroba
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A vingança veio dos céus
» Vingança Cap 1
» 1.3 - Vingança da Meowmere

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Literatura CNEC :: Urupês (Monteiro Lobato)-
Ir para: