Literatura CNEC

Fórum destinado à discussão de obras literárias. O objetivo deste fórum, além disso, é substituir a avaliação tradicional, e fomentar reflexões mais profundas.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Sagarana - Resumo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Flávio Machado
Admin
avatar

Mensagens : 86
Data de inscrição : 10/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Sagarana - Resumo   Sex Dez 02, 2016 8:56 am

Faça um breve resumo de um dos contos da obra Sagarana, contendo aproximadamente 10 linhas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://literaturacnec.forumbrasil.net
Lucas Souza



Mensagens : 29
Data de inscrição : 14/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Seg Dez 05, 2016 5:34 pm

A hora e a vez de Augusto Matraga conta a história da redenção de Augusto, um homem que fora mau feitor enquanto rico, que não valorizava a família e era adúltero. Porém, quando perde toda riqueza, o personagem acaba sofrendo as consequências de seus atos passados -sua esposa e sua filha fogem com um homem chamado Ovídio - e seus próprios funcionários se aliam ao seu inimigo, tentando matá-lo posteriormente. Ele se joga de uma ribanceira e sobrevive à queda, sendo salvo por um casal de negros. Com o tempo, ele se recupera. Augusto se vê numa vida correta, passa a seguir a religião, ajudar os necessitados e ser generoso. Passados seis anos, ele encontra um homem que o reconhece como Nho Augusto e que o conta que sua filha agora é da vida, que um de seus companheiros fora assassinado e que sua mulher ainda vive com o homem com quem fugiu. Mesmo com as notícias que tivera, ele se manteve resoluto e acreditando na frase "a sua hora e sua vez hão de chegar". A vila onde vive é destino de Joãozinho Bem-Bem e seu bando. Contra todas as expectativas e medos, Augusto convida o grupo para sua casa e os recebe muito bem, ganhando assim a simpatia de todos. Quando o bando deixa a Vila, o líder convida Matraga para se juntar a eles, porém ele nega o convite. O personagem principal decide que seu tempo na vila tinha chegado ao fim e começa a peregrinar, encontrando – mais tarde - pelo caminho o grupo de Joãozinho Bem-Bem, que estava prestes a assassinar uma família por um acerto de contas. Augusto intercede pela família, porém Joãozinho estava decidido a vingar a morte de um dos seus companheiros. Desta forma, os dois entram num conflito que resulta na morte de ambos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura Albuquerque



Mensagens : 6
Data de inscrição : 09/04/2015

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Ter Dez 06, 2016 9:13 pm

Resumo sobre o conto "O burrinho pedrês".
O início do conto dá ênfase a inutilidade e falta de espaço para o pobre burrinho Sete-de-Ouros, que já fora muito bom e útil para seus donos e encontra-se em estado de "aposentadoria". Em uma de suas buscas por um espaço para descansar sem ser incomodado, foi visto por Major Saulo(dono da fazenda em que o burrinho fica) e convocado para ajudar no transporte do gado para outra fazenda.
Dois dos funcionários convocados para tal transporte, estão em discórdia devido ao fato de Badú ter tido um caso com uma moça que teria sido namorada de Silvino. Sete-de-Ouros é tratado com preconceito pelos funcionários de seu patrão, mas este o defende.
Durante o percurso, várias histórias são contadas para que o caminho não se torne entediante. Com a chuva, o córrego de fácil travessia encontrava-se cheio, porém, todos atravessaram sem problemas, incluindo o burrinho que seguiu firme e forte!
As intrigas entre Badú e Silvino continuavam, desta vez Silvino balançou um pano vermelho para um touro e por pouco Badú conseguiu se salvar, foi ai que o Major ordenou que Francolim, agora montado no burrinho, seguisse mais atrás para que nada acontecesse. Ao chegar a fazenda Francolim destrocou a montaria, por desprezar o burrinho e ficou responsável pela entrega do gado no lugar do Major que ficaria na fazenda com sua família.
Ao chegarem no Arraial, a boiada caminhava rumo ao embarque nos trens e os cavaleiros foram beber e comer, na saída foram montando um a um nos cavalos e foi sobrando o pobre burrinho, que foi montado por Badú que encontrava-se totalmente embriagado, enquanto isso os outros convenciam Silvino de desistir de seu plano assassino.
Chegou novamente a hora de atravessar o córrego, os cavalos demonstraram medo e deixaram que o burrinho decidisse se era possível a travessia, Sete-de-Ouros seguiu seu caminho carregando Badú bêbado e os cavaleiros confiando no burro, seguiram-no. Porém a correnteza era tanta que diversos animais foram pegos pelos redemoinhos e os cavaleiros foram encontrados inchados por afogamento. O burrinho seguia firme, Francolim conseguiu se salvar segurando no rabo do Sete-de-Ouros.
O burrinho caminhou até a fazenda onde conseguiu seu merecido descanso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nicole Valadares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Qua Dez 07, 2016 3:32 pm

Duelo

Turíbio era seleiro de profissão, tinha pelos compridos nas narinas e chorava sem fazer caretas. Era papudo, mau, vingativo e vagabundo. Dona Silivana era esposa de Turíbo Tudo, tinha olhos grandes e bonitos.
Voltando de uma pescaria, Turíbio flagra sua mulher em casa com outro homem, um ex-militar, e isso o impediu de tomar qualquer atitude naquele momento. No dia seguinte ele trata sua mulher como já era de costume, como se nada houvesse acontecido. Dessa forma, o homem já armava uma vingança, montaria uma tocaia próxima a casa do ex-oficial, porém, o confunde com seu irmão, e acaba por o assassinar. Turíbio foge em seu cavalo, e assim se inicia uma perseguição no interior de Minas, mas os homens nunca se encontravam. O homem perseguido chegou a encontrar com a Dona Silivana, que lhe sugeriu que sumisse até que Cassiano acalmasse, mas lhe disse que ele sofria por uma doença no coração. Contudo, o ex-oficial é obrigado a interromper sua busca, no lugarejo do Mosquito. Ali, torna-se amigo de Timpim Vinte-e-Um, homem simples que recebe o auxílio financeiro de Cassiano para comprar remédio para sua família. Antes de morrer, Cassiano pede ao homem para que vingue seu irmão, assim, Turíbio fica sabendo da morte do ex-militar e no caminho de volta para a casa da mulher, encontra com um cavaleiro estranho, era Timpim, que acabou cumprindo o pedido do seu amigo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura Alves



Mensagens : 29
Data de inscrição : 20/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Qui Dez 08, 2016 6:44 pm

A Hora e a Vez de Augusto Matraga
É a história de um homem que no início era bastante rico, porém não dava valor nem a isso nem a sua família. Quando perde sua riqueza, sua esposa e filha fogem com Ovídio, e ele acaba sofrendo com a situação. Matraga tenta tirar a própria vida mas não consegue, pois um casal que ali passava o salva, e depois disso ele começa a "andar na linha" , sendo mais religioso e generoso com as pessoas à sua volta.
Passado algum tempo, ele reencontra com um homem que era seu conhecido, e este o conta que um de seus companheiros havia sido assassinado e sua esposa ainda vive com o homem que ela fugiu.
Depois de alguns anos, Augusto Matraga decide sair da vila em que morava.
Certo dia, ao encontrar o grupo de Joaozinho Bem-Bem, descobre que seus integrantes estavam planejando matar uma família, por causa de desavenças financeiras. Augusto tenta impedir, mas o líder não aceita e gera um conflito entre eles. Os dois morrem. No decorrer da história Augusto tem sempre em mente que "sua hora e sua vez ainda vão chegar".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor Rocha



Mensagens : 29
Data de inscrição : 18/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo    Qui Dez 08, 2016 7:20 pm

O conto do Burrinho Pedrês retrata o ambiente da fazenda do Major Saulo, na qual vive o protagonista Sete-de-Ouros: um burrinho velho que já foi bem útil para seus vários donos e aproveita do seu merecido descanso. Porém, tem o azar de ser avistado numa travessia pelo dono da fazenda, que o escala para ajudar no transporte do gado. Sete-de-Ouros é tratado com rejeição e desprezo pelos cavaleiros por apresentar idade avançada e por ter a sua volta grandes cavalos potentes e vistosos. Contudo, Sete-de-Ouros vai para a viagem e João Manico é o vaqueiro que o montará. Durante a viagem, Guimarães Rosa muda o foco narrativo e os personagens vão contando histórias de suas vida como Raymundão e o touro bravo e os desentendimentos de Badu e Silvino por conta de uma mulher caolha. Assim, o autor da vários volta em torno da história e acaba deixando-a de lado e para o final.
Sete-de-Ouros acaba passando na mão de vários vaqueiros durante a viagem e depois de uma bebedeira em um vilarejo, ele acaba sobrando para Badu. A caravana seguia viagem noite adentro até atingir um córrego transbordado. Os homens decidiram aguardar Badu e Sete-de-Ouros, pois se o animal avançasse pelas águas, seria possível transpor o ribeirão, já que este bicho não costuma adentrar um ponto de onde não consiga partir. O burrinho mergulha nas águas levando Badu consigo. Os outros confiam e vão atrás. Mas não conseguem atravessar o riacho e vaários perdem a vida. Sete-de-Ouros, porém, chega ao seu destino com Badu às costas e Francolim segurando seu rabo. Ao pisar em solo seguro o animal se liberta do encarregado e vai direto para a fazenda. Em casa ele é liberado do homem adormecido e de seus arreios.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor Hugo



Mensagens : 27
Data de inscrição : 25/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 12:38 pm

A Hora e a Vez de Augusto Matraga

“A Hora e a Vez de Augusto Matraga” trata de um tema muito presente na obra de Guimarães Rosa: o maniqueísmo, ou seja, a visão dualista de mundo que o separa em dois polos opostos: o bem e o mal.
Augusto Esteves, filho do Coronel Afonsão Esteves, das Pindaíbas e do Saco-da-Embira, conhecido como Nhô Augusto e também como Augusto Matraga, é o maior valentão do lugar, briga com todo mundo e maltrata por pura perversidade. Debochado, tira as mulheres e namoradas dos outros. Não se preocupa com sua mulher, Dona Dionóra, nem com sua filha, Mimita, nem com sua fazenda, que começa a se arruinar.
Logo nas primeiras páginas, Augusto leva um surra dos capangas do Major Consilva, que era inimigo do avô de Matraga, e quase morre… Bem, todos acham que ele morre, mas ele é acolhido por um casal de “pretos velhos” chamados Mãe Quitéria e Preto Velho que o levam para o sítio onde moram.
A partir de então, ele passa a trabalhar sem cessar, especialmente para a sobrevivência do casal que o salvou. Além disso, ele pretende expiar seus erros. Em uma ocasião o bando de jagunços comandado por Joãozinho Bem-Bem chega ao povoado e Augusto e o célebre fora-da-lei se tornam amigos. É com tristeza que o protagonista o vê partir.
Com a passagem do tempo, Augusto também se despede de Tombador, sentindo que seu momento está por vir. Ele se depara com o jagunço, que se prepara para eliminar uma família por revanche. O protagonista implora ao amigo que não cometa essa atrocidade, e o mesmo vê esse pedido como uma ofensa. Ambos duelam entre si e acabam perdendo a vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eduarda Araújo



Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 12:55 pm

Turíbio Todo foi a uma pescaria e disse à esposa que retornaria apenas no dia seguinte. Na margem do rio o protagonista sofreu um incidente e acabou voltando ao anoitecer. Então ele flagrou a esposa com Cassiano Gomes, ex-policial e perito em armas. Turíbio fingiu nada ter visto e teceu um plano. Dias depois, pronto para a fuga, ele foi à residência do rival e atirou na nuca dele, um tiro certeiro, mas por engano matou o irmão dele, Levindo Gomes. Após o enterro, Cassiano se fechou no interior de sua morada. Preparou tudo e então iniciou a vingança.Turíbio refugia-se no sertão, acossado por Cassiano. Durante meses trava-se uma luta aferrada, em que cada um é ao mesmo tempo perseguidor e perseguido. Algumas vezes os duelistas quase se encontram. Cassiano cai gravemente doente, mas antes de morrer, ajuda com generosidade um capiau que vive na miséria, chamado Vinte-e-Um. Turíbio, ao saber da morte do adversário, fica contente e põe-se a caminho de volta para sua mulher. Vinte-e-Um, porém, o identifica e mata, cumprindo assim a vingança que prometera a Cassiano.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Léo Alves



Mensagens : 8
Data de inscrição : 03/12/2015

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 2:05 pm

Este conto se passa na fazenda da Tampa, de propriedade do Major Saulo. Seus serviçais estão escolhendo os cavalos que transportarão os homens sertão afora com o objetivo de tanger um rebanho de bois de corte,infelizmente o burrinho Sete de Ouros é um dos animais selecionados para esse trabalho. João Manico é o vaqueiro que o montará.
Após um temporal, a manada atinge o córrego da Fome, o qual estava quase transbordando. Atravessá-lo seria um risco e o Major Saulo insiste que todos tomem cuidado, pois neste lugar muitos já haviam perdido a vida. Porém, tudo corre bem e até o burrinho passa pelas águas sem problemas. Em um dado momento, o Major exige que João Manico deixe Francolim montar Sete de Ouros, mas o encarregado pede ao patrão que, quando chegarem ao vilarejo, ele possa mais uma vez trocar de montaria, pois seria humilhante para ele ser visto no lombo do burro.Logo depois o encarregado deixa Badu sozinho e se preocupa em vigiar Silvino, que caminhava avante ao lado do irmão dele Tote que tentava convencê-lo a não acabar com a vida de Badu. Porém o homem traído insistia em levar seu plano adiante.A caravana seguia viagem noite adentro. Subitamente os cavalos estacaram diante do córrego transbordado. Os homens decidiram aguardar Badu e Sete-de-Ouros. Se o animal avançasse pelas águas, seria possível transpor o ribeirão, já que este bicho não costuma adentrar um ponto de onde não consiga partir.
O burrinho mergulha nas águas levando Badu consigo. Os outros confiam e vão atrás. Mas não conseguem atravessar o riacho. Oito vaqueiros perdem a vida na travessia: Benevides, Silvino, Leofredo, Raymundão, Sinoca, Zé Grande, Tote e Sebastião. Sete-de-Ouros, porém, chega ao seu destino com Badu às costas e Francolim segurando seu rabo. Ao pisar em solo seguro o animal se liberta do encarregado e vai direto para a fazenda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor brito



Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2015

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 2:20 pm

"O Duelo"
Esse conto se trata de um homem chamado Turíbio, homem o qual tinha pelos compridos nas narinas, chorava sem fazer careta, um homem rustico que um dia saiu para pescar, ao ver que sua pescaria não daria em nada mais do que alguns pequenos peixes volta para casa antes do esperado. Chegando la se depara com sua mulher na cama com outro homem, Turíbio não faz nada no momento pois como todo bom sertanejo iria se vingar porém "vingança é um prato que se degusta frio". Ele vai ate a casa de Cassiano (homem que o traiu) e atira em uma silhueta que estava na janela, porém aquele homem era irmão de Cassiano que consumido por raiva vai atras de Turíbio.
O ex militar (Cassiano) persegue o sertanejo por um tempo ate ser obrigado a parar devido um problema cardíaco que  o preocupava. Em um vilarejo conhece Vinte-e-Um o qual fica seu amigo e após a morte do compadre jura terminar sua sina de vingança.
Um tempo depois Turíbio fica sabendo da morte de Cassiano e decide voltar pra casa, no caminho encontra um homem que posteriormente revela ser Vinte-e-um amigo de Cassiano e acaba por matar o sertanejo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rafaela Arruda



Mensagens : 20
Data de inscrição : 20/04/2015

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 2:34 pm

O Burrinho Pedrês
O burrinho nomeado Sete de Ouros, pertencente ao Major Saulo, em suas época jovem era conhecido como um ótimo animal. Porém ao passar dos anos acabou por perder suas habilidades devido à idade e deixado de lado. Não importando com isso, Major Saulo faz um de seus homens montá-lo para ajudar no transporte de gado ao vilarejo, o que trouxe um "humilhação" ao homem devido à debilidade do burrinho, fato explicito durante toda a narrativa. Durante a viagem, foram contadas desavenças entre dois homens do Major, Badu e Silvino, em que um pretendia matar o outro. Durante uma pausa no vilarejo, os homens decidiram beber por lá para depois seguir viagem. Badu, já embriagado fica para trás e como ninguém queria o burrinho, sobrou-o  como montaria. Na viagem havia um córrego, o qual decidiram deixar o burrinho atravessar na frente, já que seria mais cuidadoso; nessa travessia, acaba que o burrinho consegue atravessar e os cavalos e os homens motados perdem suas vidas. Os únicos que se safam são Badu por estar no burrinho e Francolim que agarrou o rabo do animal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo Emílio 02



Mensagens : 4
Data de inscrição : 18/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 2:36 pm

O conto se passa na fazenda da Tampa, o início do conto dá ênfase a inutilidade do pobre burrinho Sete-de-Ouros. Em uma de suas buscas por um espaço para descansar sem ser incomodado, foi visto por Major Saulo e convocado para ajudar no transporte do gado para outra fazenda.
Dois dos funcionários que também iriam, estão em discórdia devido ao fato de um ter tido um caso com uma moça que teria sido namorada do outro.
Durante o percurso, várias histórias são contadas.
Com a chuva, o córrego de fácil travessia encontrava-se cheio, porém, todos atravessaram sem problemas, incluindo o burrinho que seguiu firme e forte.
As intrigas entre Badú e Silvino continuavam, e Silvino balançou um pano vermelho para um touro e por pouco Badú conseguiu se salvar, foi ai que o Major ordenou que Francolim, agora montado no burrinho, seguisse mais atrás para que nada acontecesse. Ao chegar a fazenda Francolim destrocou a montaria, pois ele despresava o burrinho e ficou responsável pela entrega do gado no lugar do Major.
Ao chegarem no Arraial, a boiada caminhava rumo ao embarque nos trens e os cavaleiros foram beber e comer, na saída foram montando nos cavalos e sobrou o burrinho, que foi montado por Badú que estava totalmente embriagado, enquanto isso os outros convenciam Silvino de desistir de seu plano de matar Badú.
Chegou novamente a hora de atravessar o córrego, os cavalos demonstraram medo e deixaram que o burrinho decidisse se era possível a travessia, Sete-de-Ouros seguiu seu caminho carregando Badú bêbado e os cavaleiros confiando no burro, o seguiram. Mas a correnteza era tanta que a maioria dos cavalos foram pegos pelos redemoinhos e os cavaleiros foram encontrados mortos. O burrinho seguiu firme, e Francolim conseguiu se salvar segurando no rabo dele.
O burrinho caminhou até a fazenda onde conseguiu descansar em paz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
João Vitor Valadares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/11/2014
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 2:53 pm

Duelo
Nesse conto o personagem Turíbio Todo foi a uma pescaria e disse à esposa que retornaria apenas no dia seguinte. Na margem do rio o protagonista sofreu um incidente e acabou voltando ao anoitecer. Então ele flagrou a esposa com Cassiano Gomes, ex-policial e perito em armas. Turíbio fingiu nada ter visto e teceu um plano. Dias depois, pronto para a fuga, ele foi à residência do rival e atirou na nuca dele, um tiro certeiro, mas por engano matou o irmão dele, Levindo Gomes. Após o enterro, Cassiano se fechou no interior de sua morada. Preparou tudo e então iniciou a vingança.Na perseguição Cassiano viu seus planos serem frustrados. Turíbio, exímio conhecedor das redondezas, levava vantagem. O protagonista estava tão confiante que regressou para casa e passou a noite com sua mulher, Dona Silvana.  Nessa ocasião ele confidenciou à esposa sua estratégia derradeira. Ele contava que o coração do rival não suportaria a pressão. Mas, quando foi possível, a companheira entregou seus planos para Cassiano.
Cinco meses se passaram sem que eles se enfrentassem. Então Turíbio, iludido com a ideia de fazer fortuna em São Paulo, partiu para a cidade grande. Depois levaria a esposa.Enquanto isso, Cassiano, doente, tomou uma decisão; antes de sua morte ele acabaria com Turíbio. Ao passar pelo vilarejo chamado Mosquito, sua saúde piorou. Ele não conseguiu contratar ninguém que matasse seu rival.  Antes da sua morte, ele conhece um sertanejo chamado Vinte-E-Um, na verdade Antônio. Cassiano o ajuda inclusive a salvar a vida do filho. Quando ele morre, Turíbio retorna seguro de si. Mas Vinte-E-Um, desejoso de fazer justiça ao seu antigo benfeitor, acaba com a vida de Turíbio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Luiza



Mensagens : 29
Data de inscrição : 26/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 3:55 pm

Na Fazenda da Tampa, do Major Saulo, os homens estão se preparando para tocar uma boiada de bois de corte. O dia é de chuva, mas ela ainda não veio. Major ordena que os homens preparem os animais. O burrinho Sete-de-Ouros, que estava na varanda da casa, também é escolhido para a viagem. Seria montado por João Manico. Choveu muito, depois a boiada chegou ao córrego da Fome. A travessia era perigosa, estava cheio e o Major Saulo pediu para tomarem cuidado. Mas a travessia foi feita com sucesso. Em um ponto do caminho, Major Saulo ordenou que Francolim trocasse de montaria com João Manico, ele aceitou a ordem, mas pediu que, na entrada do povoado, a troca fosse desfeita, porque não ficava bem para ele ser visto montado no burrinho Sete-de-Ouros. Eles foram bem recebidos no povoado. Na hora de ir embora, cada um pegou a sua montaria. Badu ficou por último, deixaram-lhe o burrinho Sete-de-Ouros. Viajavam à noite, repentinamente os cavalos empacaram, preverem o mar de água. O Córrego da Fome havia transbordado. Todos gostaram da idéia de esperar Badu e o burrinho Sete-de-Ouros. Se o burro entrasse na água, todos o seguiriam. Sete-de-Ouros entrou levando Badu ás costas. Os cavalos seguiram-no. E foi uma tragédia, oito vaqueiros morreram naquela noite. O burrinho com Badu e Francolim atravessou as águas. Ao chegar do outro lado, livrou-se de Francolim e foi para a fazenda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alice Alves



Mensagens : 29
Data de inscrição : 12/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 4:38 pm

Na fazenda do Major Saulo vivia um burrinho pedrês, já muito velho, bem vivido mas que já foi muito útil para seus donos. Chamava-se Sete-Ouros. Por falta de outras montarias, o burrinhho é engajado para levar uma boiada vendida pelo dono da fazenda, o major Saulo, provocando uma certa rejeição ao burrinho, que seria montado por João Manico.
Durante a viagem, ficamos sabendo que o vaqueiro Silvino quer matar o vaqueiro Badu, por causa de uma moça. Quando Silvinho vê que não consegue matá-lo de outra forma, planeja fazê-lo pessoalmente, na viagem de volta, depois de atravessarem o ribeirão cheio pelas chuvas. Nesse retorno, Badu está bêbado. Por isso, os demais vaqueiros deixam-no com o burrinho Sete-de-Ouros.
Ao atravessarem o ribeirão, morrem na enchente oito vaqueiros, inclusive Silvino. Badu é salvo heroicamente pelo Sete-de-Ouros, que consegue chegar à outra margem trazendo consigo Badu e Fracolim agarrado no seu rabo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Letícia Sousa



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 5:05 pm

O burrinho pedrês.
Major Saulo possuía uma fazenda, e nela vivia um burro chamado Sete-de-Ouros, muito velho, e por isso, já tinha muitas experiências adquiridas com o tempo, mas não recebia seu devido valor e muito menos atenção.
Certo dia, os homens na fazenda preparavam-se para tocar uma boiada, mas a chuva era um empecilho, preocupando o Major, que resolve levar Sete-de-Ouros também, deixando seus companheiros surpresos, sendo montado por João Manico.
Durante o trajeto, a chuva não diminuía e o córrego tornou-se de difícil travessia. Além disso, um dos vaqueiros, Silvino, tem a intenção de matar Badú, e planeja matá-lo pessoalmente, não encontrando outra forma. Passando por um arraial, resolveram beber para comemorar, e quando retornaram, o burrinho foi montado por Badú, que estava completamente bêbado.
Quando chegou o momento de atravessar o ribeirão, deixando os animais com medo, provocando o afogamento de vários vaqueiros, exceto o burrinho, que seguiu tranquilamente seu caminho, levando Badú e Francolim agarrado ao seu rabo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daniana Pereira



Mensagens : 25
Data de inscrição : 13/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 5:39 pm

O Burrinho Pedrês
O burrinho Sete de Ouros, pertencente a Major Saulo, em sua época jovem era conhecido como um ótimo animal, porém com passar dos anos acabou por perder suas habilidade devido à idade. Mais tarde porém, tem o azar de ser avistado numa travessia pelo dono da fazenda, que o escala para ajudar no transporte do gado. Sete-de-Ouros é tratado com rejeição e desprezo pelos cavaleiros por apresentar idade avançada e por ter a sua volta grandes cavalos potentes e vistosos. Contudo, Sete-de-Ouros vai para a viagem e João Manico é o vaqueiro que o montará. Durante o percurso, várias histórias são contadas para que o caminho não se torne entediante. Com a chuva, o córrego de fácil travessia encontrava-se cheio, porém, todos atravessaram sem problemas, incluindo o burrinho que seguiu firme e forte! Durante uma pausa no vilarejo, os homens decidiram beber por lá para depois seguir viagem, mas na hora de ir embora, cada um pegou a sua montaria. Badu ficou por último, deixaram-lhe o burrinho Sete-de-Ouros. Viajavam à noite, repentinamente os cavalos empacaram, preveram o mar de água. O Córrego da Fome havia transbordado. Todos gostaram da idéia de esperar Badu e o burrinho Sete-de-Ouros. Se o burro entrasse na água, todos o seguiriam. Sete-de-Ouros entrou levando Badu ás costas. Os cavalos seguiram-no. E foi uma tragédia, oito vaqueiros morreram naquela noite. O burrinho com Badu e Francolim atravessou as águas. Ao chegar do outro lado, livrou-se de Francolim e foi para a fazenda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leandro Libério



Mensagens : 29
Data de inscrição : 25/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 6:59 pm

O personagem Turíbio era seleiro, Dona Silivana era esposa de Turíbo, era uma moça bonita que tinha olhos grandes e bonitos.Turibio tinha pelos compridos nas narinas e chorava sem fazer caretas. Era papudo, mau, vingativo e vagabundo.
Voltando de uma pescaria, Turíbio flagra sua mulher o traindo com outro homem, e o pior de tudo é que era um ex-militar, isso o acovardou e o impediu de agir no momento. No dia seguinte ele trata sua mulher como já era de costume, como se nada houvesse acontecido. Mas na verdade Turibio já bolara sua vingança, porém, o confundiu o homem com seu irmão, e acaba por o assassinar. Turíbio foge em seu cavalo, e assim se inicia uma perseguição no interior de Minas, Cassiano queria vingança contra Turibio a qualquer custo mesmo estando mal de saúde do jeito que estava. O homem perseguido chegou a encontrar com a Dona Silivana, que lhe sugeriu que sumisse até que Cassiano acalmasse, mas lhe disse que ele sofria por uma doença no coração. Contudo, o ex-oficial é obrigado a interromper sua perseguição e acaba por passar uns tempos em uma vila. Ali fez um amigo, um homem chamado Vinte-e-Um Antes de morrer, Cassiano pede ao homem para que vingue seu irmão. Turíbio fica sabendo que Cassiano morreu e decide voltar para casa, no caminho ele conhece um viajante e começam a prosear, quando de repente o viajante revela ser Vinte-e-Um que assassina Turibio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura Arruda



Mensagens : 26
Data de inscrição : 15/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 8:13 pm

O coronel Augusto Esteves é um homem rico, cruel e cheio de inimizades. Após ser abandonado pela sua mulher e filha, ele sofre uma emboscada de seu inimigo Major Consilva, na qual é agredido, marcado com ferro e dado como morto ao cair de um barranco. Porém ele é resgatado e acolhido por um casal de negros velhos que cuidam dele ate que este melhore por completo. Então ele decide se mudar e recomeçar sua jornada, levando uma vida de trabalho e reza. Um dia, aparece um jagunço, Joãozinho Bem-Bem e seus capangas e Augusto os hospeda.  Mas se recusa a acompanhar o bando, mesmo convidado pelo chefe. Depois de um tempo, Matraga parte sem destino num jumento. Chega ao Arraial do Rala-Coco, onde reencontra Joãozinho Bem-Bem e seu bando, prestes a executar uma vingança contra a família de um assassino que fugira e é quando desperta para a sua hora e vez: intervém pela família e  opõe-se ao chefe do bando. Ambos morrem. Nessa hora, Augusto Matraga é identificado por seus antigos conhecidos e é dado como herói.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Júlia Defeo



Mensagens : 8
Data de inscrição : 20/04/2015

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 8:15 pm

A Hora e a Vez de Augusto Matraga:
É a história de Nhô Augusto, um homem que buscava sua redenção. No início da narrativa, homem se encontrava numa situação de riqueza, mesmo assim, não valorizava mulher e filha, era adúltero e maldoso para com todos. Ao falir, sua família o abandona (para morar com um sujeito chamado Ovídio) e para piorar a situação, seu principal inimigo, o Major Consilva, contrata os capangas mal pagos de Nhô Augusto para se revoltarem contra este. Tal revolta acontece, o personagem principal se encontra muito machucado e acaba por derrubar a si mesmo numa ribanceira, a fim de se matar. Esta tentativa de suicídio não funciona e um casal de negros o resgata, cuidando dele até sua recuperação. Nhô Augusto, agora chamado de Augusto Esteves, passa a levar uma vida de trabalho duro, penitência e reza. Arrependido de suas maldades, ajuda a todos, e reza com devoção: quer ir para o céu. Após 6 anos, recebe a notícia de que sua esposa vive bem com Ovídio e que sua filha virou prostituta, mesmo com saudades, continua a viver resignadamente. Certo dia, um jagunço de fama - Joãozinho Bem-bem - aparece na vila em que o personagem principal vive, e este último o hospeda. Augusto Esteves é chamado para se juntar ao bando do jagunço, e recusa dizendo que quer continuar procurando o céu como destino final. Ao se recuperar totalmente, ele se despede do casal que tão bem o acolheu e vaga sem destino em um jumento. Em sua jornada acaba por encontrar Joãozinho Bem-bem prestes a executar uma família por vingança. O personagem principal intervém em nome da justiça, aniquila parte do bando e entra em um duelo com o  jagunço. Por fim, todos dois morrem.
A história nos mostra que Augusto Matraga conseguiu sua redenção ao evitar a morte de uma família, e como a Mãe Quitéria (integrante do casal de negros) disse, ele encontrou sua hora e vez.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luiza Rosa



Mensagens : 11
Data de inscrição : 01/12/2015

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 8:25 pm

No conto Duelo,Turíbio sai para pescar e avisa sua esposa que voltaria apenas no outro dia.Mas chegando no local acontece um imprevisto e ele decidi voltar para casa,mas ao chegar em casa,encontra uma cena inusitada:sua esposa e Cassiano Gomes,um ex-policial.Turíbio se faz de desentendido e finge não ver nada.
Ao passar dos dias,Turíbio vai até a casa de Cassiano e dispara um tiro certeiro,que tira a vida do irmão de Gomes.Após isso,Cassiano tenta pegar Turíbio,que conhece toda região e seu atalhos,e acaba se favorecendo e voltando para casa.Ao chegar em casa conta seu plano de matar Cassiano para sua esposa,que confidência tudo para o amante.
Turíbio sai de casa em busca de vida melhor,ao voltar é morto por um homem que recebeu favores de seu rival:Cassiano Gomes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Danilo Cesar



Mensagens : 29
Data de inscrição : 25/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 8:49 pm

A Hora e a Vez de Augusto Matraga
Augusto Esteves, filho do Coronel Afonsão Esteves, das Pindaíbas e do Saco-da-Embira, mais conhecido como Nhô Augusto ou simplesmente Augusto Matraga. Conhecido por sua perversidade e por maltratar por puro prazer, alem de ser o homem mais valente das redondezas. Nhô Augusto não se preocupava com nada disso, muito menos com sua mulher, filha e sua fazenda. Por não pagar muito bem seus capangas eles acabam debandando para o lado do seu inimigo o Major Consilva e acaba perdendo sua mulher para Ovídio. Nhô Augusto estava decidido a se vingar, mas antes de ter com eles acaba sendo pego pelos capangas do Major e seus antigos capangas, e durante o ultimo suspiro de morte consegue se jogar de um penhasco onde os capangas que estavam responsáveis pela sua morte não o vão para confirma-la. No fundo penhasco ele é encontrado por um casal:Quitéria e Serapião que cuida dele, tanto nas feridas carnais quanto as de sua alma. Com o tempo Nhô Augusto passa a chama-los de mãe e pai. Os três com a benção do padre saem a procura de uma nova vida e a encontram no povoado de Tombador. Neste local, Nhô Augusto passa a trabalhar enquanto seus pais cuidam da casa, ele ajuda a todos no povoado e sempre diz que todo mundo tem sua vez, e que a sua a de chegar e entrará no céu nem que seja a porrete. É no trabalho que ele encontra sua redenção e anos apos sua mudança encotra-se com um velho conhecido e recebe noticias de sua velha família ficando tentando em ir a sua procura. Certo dia, no povoado de Tombador, aparece Joãozinho Bem-Bem, jagunço famoso devido as suas "aventuras, acompanhado de seu bando(tropa). Logo Nhô Augusto vai ao seu encontro e os convida a passar a noite em sua humilde casa onde os serve da melhor maneira que eles podiam querer. Na partida Joãozinho Bem-Bem anuncia sua vontade que Nhô Augusto se junte ao bando mas o arrependido trabalhador se recusa. Tempos mais tarde o mesmo parte sem rumo e acaba se encontrando com o bando do velho amigo que o recebe de braços abertos. Paralelo a isso acontecia os preparativos para o assassinato de uma família como forma de vingança de um dos integrantes do bando. Quando Augusto Matraga toma saber dos acontecimentos ele desperta para a sua hora e vez: luta com Joãozinho Bem-Bem e não permite que ele faça os assassinatos, porem, durante a luta os dois acabam morrendo e Augusto Matraga reconhecido pelas pessoas do povoado como Nhô Augusto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Amélia



Mensagens : 29
Data de inscrição : 21/11/2014

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sex Dez 09, 2016 9:14 pm

A hora e a vez de Augusto Matraga
Augusto Esteves, filho do Coronel Afonsão Esteves, é o maior valentão do lugar, briga com todo mundo e maltrata por pura maldade. Debochado, tira as mulheres e namoradas dos outros. Não se preocupa com sua mulher, nem com sua filha, nem com sua fazenda, que esta arruinando. Um belo dia ele sofre um castigo, sua mulher foge com outro homem e quando ele vai tirar satisfações é surpreendido no caminho por seus inimigos. Ele pula de um despenhadeiro e é encontrado por um casal que o abriga e o ajuda a se reerguer. Passado uns seis anos ele encontra um conhecido que conta que todos achavam que ele estava morto, sua mulher ainda estava com outro homem, sua filha tinha se perdido no mundo e suas fazendas foram leiloadas. Um dia Augusto decide ir embora, despedi dos velhinhos e sai com um jumento sem destino. Quando chega a um arraial se encontra com um conhecido Joãozinho Bem-Bem ele chega a conclusão que havia chegado sua hora e sua vez e duela com este levando a morte de ambos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriele Álvares



Mensagens : 19
Data de inscrição : 25/04/2015

MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   Sab Dez 10, 2016 4:32 am

Duelo.
Voltando de uma pescaria mal sucedida, Turíbio Todo flagra sua mulher Dona Silivana com o ex-militar Cassiano Gomes. Contém seu ímpeto e adia a vingança. No entanto, ao executá-la, acaba por assassinar o irmão de Cassiano, fugindo em seguida. Segue-se uma grande perseguição pelo interior de Minas, que dura até Turíbio se retirar para São Paulo. Cassiano, sofrendo do coração, é obrigado a interromper sua busca no lugarejo do Mosquito. Ali, torna-se amigo de Timpim Vinte-e-Um, homem simples que recebe o auxílio financeiro de Cassiano para comprar remédio para sua família. Em troca, Cassiano, pouco antes de morrer, pede a Timpim que vingue seu irmão. Turíbio fica sabendo da morte de seu perseguidor e retorna a Minas. No caminho para a casa de Silivana, encontra Timpim, que cumpre a promessa feita a Cassiano.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sagarana - Resumo   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sagarana - Resumo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Resumo da E3 (Opinião Pessoal)
» [Internacional] Resumo da Copa a bordo - LAN
» Resumo de voos
» Cruzando o Atlantico
» Prototype 2 você enfrenta New York em chamas.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Literatura CNEC :: Sagarana (Guimarães Rosa)-
Ir para: