Literatura CNEC

Fórum destinado à discussão de obras literárias. O objetivo deste fórum, além disso, é substituir a avaliação tradicional, e fomentar reflexões mais profundas.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 A Caolha - Júlia Lopes de Almeida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Flávio Machado
Admin
avatar

Mensagens : 86
Data de inscrição : 10/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Seg Abr 06, 2015 4:59 pm

Júlia Lopes de Almeira escreveu:
Morava numa casa pequena, paga pelo filho único, operário numa fábrica de alfaiate; ela lavava a roupa para os hospitais e dava conta de todo o serviço da casa inclusive cozinha. O filho, enquanto era pequeno, comia os pobres jantares feitos por ela, às vezes até no mesmo prato; à proporção que ia crescendo, ia-se a pouco e pouco manifestando na fisionomia a repugnância por essa comida; até que um dia, tendo já um ordenadozinho, declarou à mãe que, por conveniência do negócio, passava a comer fora...Ela fingiu não perceber a verdade, e resignou-se. Daquele filho vinha-lhe todo o bem e todo o mal.


La Celestina, Picasso, 1903.

Após a leitura atenta do texto, A Caolha, de Júlia Lopes de Almeida, discuta sobre os principais temas abordados pelo conto, como a crueldade infantil, a exclusão social ou mesmo as relações familiares. Aproveite, para mencionar sobre o papel da 'mãe' no conto, e os efeitos que o final do conto casou em você ao fim de sua leitura.

Clique "aqui" para ler o conto na íntegra.
Clique "aqui" para ouvir o conto no youtube.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://literaturacnec.forumbrasil.net
Breno Ferreira Alves



Mensagens : 9
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Ter Abr 07, 2015 4:22 pm

Aborda muito sobre o bullying,pois o filho da caolha sofre muito com o bullying e por isso o filho depois de maior sempre queria muita distância da mãe que sofria muito com o afastamento do filho.
No final do conto e fiquei muito surpreso e achei o final muito triste também,o final causou também muito espanto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Getúlio Andrade



Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Ter Abr 07, 2015 7:49 pm

O texto A caolha aborda que por serem excessivamente inocentes as crianças acabavam implicando o garoto por sua mãe ser caolha, começando ate por não usarem o nome do garoto e sim "filho da caolha", causando assim um afastamento do garoto pela sociedade chegando ate mesmo fazer com que o garoto parasse de dar beijos na mãe.
Mais tarde o garoto/homem descobre que sua mãe sempre lhe protegeu e amou, e que tudo pelo que sua mãe agora sofre ( ser "desfigurada" do lado esquerdo ), foi causado pro ele apos um acidente em que sua mãe lhe protegeu.
o final me causou espanto, pois descobri que tudo aconteceu por causa do filho, também fiquei querendo saber se o filho se aproximou mais da mãe ou passou por cima de tudo e a eliminou-a de sua vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rafael Diniz



Mensagens : 17
Data de inscrição : 08/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Qua Abr 08, 2015 8:47 pm

Neste conto demonstra a crueldade da maioria das pessoas no deboche a uma senhora, pela sua aparência, até do filho da mesma pelo simples fato de ter uma mãe feia. Antonico, o filho da caolha, teve uma infância difícil tendo que suportar os apelidos que o eram colocados, apesar de ainda assim amar sua mãe.
Com o passar do tempo a descriminação ficou maior, de forma que Antonico era excluído socialmente e passara a ter nojo da face da própria mãe, era difícil para o Antonico arranjar um emprego em que não sofresse as piadinhas.
O que parecia ser engraçado às pessoas machucava a Antonico que acabou pondo a culpa de tudo isso em sua mãe, estreitando seus laços com a mãe.
O final me ensinou a valorizar o que minha mãe faz por mim, pois mostrou não só o ponto de vista do filho como o da mãe, o que me fez descobrir que o que parecia ser difícil para Antonico era muito pior para a mãe e ela ainda tinha de esconder sua mágoa, tudo isso para proteger seu filho. E ainda fiquei surpreso, pois todas os problemas decorridos no contos, foram consequência de um acidente causado por Antonico,que deixou sua mãe caolha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leonardo Amaral

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Sab Abr 11, 2015 9:05 am

O conto "A Caolha", de Julia Lopes de Almeida, aborda muitos temas hoje corriqueiros na sociedade, como o bullying. A "Caolha" era uma mulher muito desprezada e criticada, pois sofrera um acidente e perdera o olho esquerdo, com isso todos começaram chamá-la de "Caolha" e passaram e ter um certo "nojo" por ela. Já seu filho, Antonico, logo cedo começou a sofrer "por causa da mãe",fora até apelidado de "filho da caolha". Onde ia, todos o chamavam pelo apelido e ninguém o dava sossego. Pensando que o sofrimento lhe foi dado pela mãe, começou a criar um certo rancor por ela, algo que não demonstrava mas que a mãe começara a perceber.Certo dia ele se apaixonou, mas para se casar a esposa exigia seu "rompimento" com a "Caolha". Sendo assim, o rapaz briga com a mãe e começa a expor todo o seu rancor por ela, deixando-a muito triste. O final do conto causou me muito espanto, pois nunca imaginava que Antonico seria o causador de sua própria "ruína". Também pude perceber que a mulher amava muito seu filho, pois tentou esconder o que ele fez e passou a carregar a culpa e a dor  que lhe fora proporcionada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Augusto Vilela



Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 16
Localização : Abaeté-MG

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Sab Abr 11, 2015 2:47 pm

O texto "A Caolha" fala sobre o certo desprezo que o filho Antonico vai adquirindo ao longo dos anos pela mãe, a Caolha, por ser uma mulher descuidada, "esquisita" e com um sério problema no lugar onde costumava ficar o seu olho esquerdo. Antonico, quando começou a ir escola sendo levado e buscado pela mãe, ganhou o apelido de "filho da Caolha", um apelido que ele odiava, e por mais que tentasse parar com isso, todos do bairro em que morava já o chamavam assim, até mesmo os adultos. Quando decidiu de vez sair da escola não conseguia permanecer em um emprego , pois a crueldade de seus antigos colegas não o deixavam em paz, ainda o chateavam e não o deixava trabalhar. Antonico chegou a um ponto que não conseguia mesmo namorar por causa de sua própria mãe, que causava nojo nas pessoas. Então apelou para os conselhos da Madrinha, que o levou até a sua mãe que lhe contou a verdade. Me senti muito surpreso e fiquei perplexo, pois depois de todo o desprezo do filho pela mãe, a culpa era toda dele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alice Castro



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Sab Abr 11, 2015 3:54 pm

O conto "A Caolha",de Júlia Lopes de Almeida,aborda diversos temas.Dentre eles está o que chamamos de bullying,pois era desprezada por toda a sociedade.Causava terror às crianças,e a repulsão dos adultos,por não possuir uma aparência muito agradável.Tinham-lhe extraído o olho esquerdo!Seu único filho,Antonico,foi crescendo com os anos,e passou a sentir vergonha da "Caolha".Todas as pessoas do seu bairro,já tinham o apelidado,e isso,o envergonhava.Constrangido,aos 11 anos Antonico quis sair da escola,e passou a trabalhar em uma oficina de marceneiro,que não durou muito tempo.Além de ter sido chamado de "o filho da caolha",o serviço era muito pesado.Depois de muitos anos,Antonico se apaixonou,porém,só se casaria com a amada,caso se separasse da mãe.Sendo assim,se separaram,e foi a partir daí que seu rancor voltou-se para a mãe.Estava em uma situação complicada,e então resolveu procurar sua madrinha,que lhe revelou um grande segredo:era ele quem tinha furado o olho de sua mãe,quando pequeno.Fiquei surpresa,pois a mãe só tentou esconder a verdade,para não fazer do seu filho,o culpado de tudo aquilo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paula Pereira



Mensagens : 28
Data de inscrição : 08/04/2015
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Dom Abr 12, 2015 8:33 pm

O conto "A Caolha", de Júlia Lopes de Almeida, conta a história de Antonico e sua mãe, a qual sofreu um acidente e não tinha o olho esquerdo, por esse motivo foi apelidada de Caolha. Não era apenas por ser caolha que a mulher era repreendida por todos, ela também era muito magra e feia. Antonico sofrera muito bullying por ser filho da Caolha, era uma verdadeira exclusão social. Somente a madrinha do menino sabia o que acontecera com sua mãe. Quando cresceu, o rapaz tomou consigo mesmo toda aquela situação, e até ele mesmo, o próprio filho, repreendia a mãe por ela ser a Caolha. Esse fato marcara para sempre a vida do jovem, ele não conseguia arrumar nem mesmo emprego. Então, se apaixonou e casaria com a amada, porém esta impunha a ele uma condição, só se casaria, se ele se separasse da mãe, o filho, então, apaixonado, brigou com a mãe, expôs todo o seu rancor. Preocupada, a madrinha de Antonico, resolveu contar a verdade para o afilhado. O que causara toda aquela situação foi o próprio rapaz, ele furara o olho da mãe quando criança.
O final me trouxe espanto, pois apesar de sofrer com o rancor do filho e a repulsão de todos, a mãe sempre protegera o filho, escondendo-lhe a verdade, isso mostrara que ela realmente o amava, mesmo ele tendo causado toda aquela situação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Eduarda

avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Seg Abr 13, 2015 1:36 pm

No conto, "A Caolha", Júlia Lopes de Almeida conta a vida de uma mulher, mãe de um rapaz chamado Antonico, que havia sofrido um acidente e perdido o olho esquerdo. Todos procuravam evitar a tal, não só devido o fato de ser caolha, mas também por não ter um aspecto agradável e a aparência assustadora. Seu filho sempre sofrera pelo fato de ser filho da caolha. Isto o afetava no trabalho, escola, e até no relacionamento. Ninguém jamais saberia o que havia ocorrido à mulher para ser de tal maneira, nem mesmo o filho, apenas a madrinha deste.
Em um certo dia, Antonico, apaixonado, se casaria com com a mulher que amava, mas com a condição dele se separar de sua mãe. A madrinha preocupada com a situação, contou toda a verdade a Antonico. Sua mãe havia perdido o olho por sua causa, onde ele furará o olho da própria quando criança. Mesmo com repreendimento do filho, a caolha o protegia, não lhe contando a verdade, mostrando que o seu sentimento por ele era amor verdadeiro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victor Valadares

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 13/04/2015
Idade : 16
Localização : Na minha Casa

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Seg Abr 13, 2015 1:40 pm

No texto "A Caolha" de Júlia Lopes de Almeida retrata muito o preconceito do filho da caolha ser chamado de apelidos, etc e também retrata o sofrimento que a namorada do próprio deixou para ele, ela o colocou para escolher ela ou a própria mãe.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br
Ana Luísa Mendes

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Seg Abr 13, 2015 2:10 pm

O conto "A Caolha" de Júlia Lopes de Almeida, aborda a triste história de uma mãe apelidada de "caolha" e seu filho Antonico. O garoto tinha vergonha da mãe, pois ficou apelidado como "filho da caolha" quando saíam juntos, assim, começou a sofrer bullying. Ele associou a mãe a todas as críticas que recebia e assim, era muitas vezes prejudicado, então resolve afastar-se da mãe. Após vários acontecimentos, no fim, Antonico descobre o real motivo do apelido da mesma. Este final, me levou a entender que a mãe, mesmo sendo criticada e humilhada, continuava amando seu filho e isso não mudaria. Mesmo intrigada com o final, pude refletir sobre o amor incondicional da mãe por Antonico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Virgínia Araújo



Mensagens : 31
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Seg Abr 13, 2015 2:53 pm

O conto "A Caolha", de Júlia Lopes de Almeida, aborda a história de uma mulher caolha e seu filho Antonico.No início, se davam bem, mas quanto mais Antonico foi crescendo, ele começou a rejeitá-la. Não queria ser levado nem buscado da escola, e então largou. Começou a ser zombado no trabalho, e até se mudou de perto da mãe, para um apartamento em outro bairro.Ia visitar sua mãe apenas à noite, para ninguém perceber. Num dia, em uma discussão com sua mãe, sua madrinha lhe contou que o motivo real de sua mãe ser caolha, foi um garfo que ele enfiou em seu olho, quando bebê.
O final nos leva a perceber o amor incondicional de uma mãe pelo filho, que mesmo sendo humilhada, nunca deixa de amá-lo ou cuidá-lo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Guilherme Moreira

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Seg Abr 13, 2015 9:43 pm

O texto "A Caolha " aborda a vida de Antonico , filho de uma caolha . Que por sua vez não sabia o motivo de sua mãe ser caolha , e para piorar todos que viviam ao seu redor começaram a praticar bullying com ele , pelo fato de sua mãe ser caolha , fazendo com que Antonico colocasse a culpa da sua "desgraça" em sua mãe . Mas no final , acontece algo inesperado, que mostra que independente de tudo , sua mãe sempre o respeitou e amou idependentemente de seus problemas , bem diferente de Antonico que julgou sua mãe sem pensar .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcão

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 08/04/2015
Idade : 16
Localização : -19.159686, -45.449224

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Seg Abr 13, 2015 10:19 pm

No texto,"A Caolha" apresenta uma historia sobre a vida de Antonico, um garoto que havia uma mãe caolha,mas não sabia o por que dela ser caolha. Antonico não havia problemas envolvendo sua mãe, até que certa idade Antonico  começou a receber apelidos que além de insulta-lo insultava sua mãe.Então quando ele atingiu uma certa idade ele decidiu abandonar sua mãe e morar em outro bairro, a caolha fica com muita raiva de Antonico. Por esse motivo ele tenta pedir ajuda a uma velha amiga da Caolha,para se re-conciliar com sua mãe.Após uma conversa com sua mãe ele descobre o por que da mãe dele ser caolha e então ele repensou sobre seus atos e decidiu voltar a morar com sua mãe.Após a sua volta, os vizinhos ainda o chamava de "Filho da Caolha" mas ele nem ligava mais para isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Júlia Faria



Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Ter Abr 14, 2015 12:34 pm

O conto ''A Caolha'' de Júlia Lopes de Almeida,retrata temas reais como o bullying,exclusão social a pobreza,a miséria e a importância da família na sociedade.
Sua mãe sempre se mostrou submersa ao filho,atendendo a todas as suas vontades.O filho por sua vez retribuía sempre com carinho,que orgulhava sua mãe e deixava feliz.
Com o passar do tempo Antonico era motivo de zoação,por ser filho de uma mulher caolha,então começou a tratar com certo desprezo trocando sua mãe por uma paixão passageira.
O final do conto nos deixa em uma situação desconfortável,pelo fato que Antonico era o causado de tudo,mas mesmo assim sua mãe não lhe tratava diferente,pois seu amor era maior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thais



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Qua Abr 15, 2015 3:40 pm

No conto " A Caolha " de Júlia Lopes de Almeida retrata a história de uma mãe muito sofrida e além de tudo caolha, ela ficou sem um olho a partir de quando seu filho era ainda uma criança e sem pensar em quaisquer consequencia traçou o olho de sua mãe com um garfo. O filho ao se passar dos anos claro não se lembrava que ele mesmo causa-ra o acidente começou a sofrer bulling,ficando conhecido por todo mundo como "filho da caolha" começou a repugnar a aperência da mãe e na maioria das vezes sentindo até nojo por ter ser rosto parcialmente desfigurado.Até chegar um dia que por proprosta de sua namorada, ele resolve se afastar de vez de sua mãe , e isso é claro a chateou muito.Fiquei um pouco surpresa com a história pois ambos problemas foram causados em consequencia ao ato de Antonico "o filho da Caolha". Antonico sempre foi excluido socialmente por ter uma mãe caolha, seus colegas de escola, de serviço, vizinhos ou seja a maioria da sociedade, faziam uma enorme crueldade com o inoscente garoto.Quero dizer agrediam o garoto verbalmente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Amanda Tavares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 15/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Qua Abr 15, 2015 6:51 pm

No conto "A caolha" de Júlia Lopes de Almeida,retrata fatos da realidade como o bullying,exclusão social, a miséria que inúmeras famílias passam.
Desde pequeno Antonico era motivo de zoação,por ser o filho da caolha.Isso o fez se afastar cada vez mais de sua mãe.
A medida que foi crescendo começou a ter repugnância e vergonha da própria mãe,primeiramente passou a almoçar perto do trabalho,a mãe fingiu não notar! Depois se mudou dali, " a caolha" ficou muito chateada e triste. Antonico chama sua madrinha que era muito proxima de sua mãe, com intenção de anima-la, o que acaba acarretando com que sua mãe lhe contasse toda a verdade, o motivo da deficiencia era sua culpa ! A mãe de Antonico era apenas a vítima da história.Quando criança Antonico erguia um garfo e com sua mãe destraida,enterraste em seu olho esquerdo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Camila Oliveira



Mensagens : 27
Data de inscrição : 15/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Qua Abr 15, 2015 7:35 pm

O conto "A Caolha" de Júlia Lopes de Almeida, conta a história de Antonico que vivia com sua mãe, uma mulher "maltratada" pela vida, e que era caolha. O conto aborda muito o bulliyng, que era o que Antonico sofria ao ser chamado de "Filho da Caolha" por seus amigos e até mesmo vizinhos. E mesmo a mãe vivendo em uma vida digamos, miserável, tentava fazer todas as vontades de seu filho, mas mesmo assim, isso não o impediu de, igual todas as outras pessoas, começar a sentir uma espécie de "nojo" pela mãe, e à abandoná-la para ter um relacionamento. Mas o que Antonico não sabia e descobriu no final do conto, era que ele mesmo tinha causado aquele problema à sua mãe quando era criança. Esse final me deixou surpresa, porque mesmo Antonico se desfazendo da mãe por um problema que ele mesmo tinha causado para ela, ela nunca deixou de amá-lo e querer o bem dele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Giovanna Soares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Qui Abr 16, 2015 1:03 pm

O conto "A Caolha" de Júlia Lopes de Almeida, aborda um dos principais temas conhecidos e vivenciados pela sociedade, o bullying.
Antonico, que quando criança tinha uma ligação muito forte com sua mãe, a Caolha, com o passar do tempo, as pessoas o excluíam de seu meio, por simplesmente ser o "filho da Caolha", indignado com a situação passou a culpar a mãe por ser motivos de piadinhas na sociedade.
A Caolha passava por cima de tudo o que o filho lhe culpava, mas certo dia não aguentou mais, mandando-lhe embora.
O filho se foi, mas arrependido, voltou, e por fim descobriu a verdade que a mãe lhe havia escondido por muito tempo. O final me causou uma certa surpresa, porque todos os problemas ocorridos no conto, foram causados por um acidente de Antonico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victória Ferreira



Mensagens : 27
Data de inscrição : 15/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Qui Abr 16, 2015 8:05 pm

O conto "A Caolha" de Júlia Lopes de Almeida, aborda a miséria, e também a crueldade das pessoas em relação ao fato de que Antonico era filha de uma caolha.
Antonico sofria muito com a exclusão por ser filho de uma mulher caolha, chegou em uma época que ele saiu de casa e parou de visitar a mãe por causa da namorada. Este nunca soube a causa da deformidade no rosto da mãe.
A 'caolha' mesmo com todas as críticas, e com o desprezo do filho nunca deixou de amá-lo.
O conto me fez refletir que mesmo Antonico desprezando a mãe por um tempo, esta nunca deixou de amá-lo e que ele agiu muito errado em colocar a culpa de tudo na mãe.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabrielle Winkelstroter



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Ter Abr 21, 2015 1:50 pm

A Caolha, de Júlia Lopes de Almeida, conta a história de um garoto que era desprezado pelo outros por sua mãe ser caolha. O menino que antes tinha uma ótima relação com a mãe, com o tempo se tornou amargo ao ponto de sentir nojo da pessoa que o criou. Mais tarde para a surpresa do menino, este descobrira que ele mesmo foi o causador da desgraça de sua mãe.
Neste texto percebemos o bullying, sofrido pelo menino, a exclusão, sofrido pela Caolha e até mesmo o amor. O amor de uma mãe para com seu filho, que mesmo depois de tanto sofrimento que lhe causou, o protegia e o amava.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucas Arruda



Mensagens : 22
Data de inscrição : 22/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Sab Abr 25, 2015 6:33 pm

No texto " A Caolha " de Júlia Lopes de Almeida, um garoto possui uma mãe caolha, por isto, em todo lugar que o garoto vá, as pessoas o chamam de " o filho da caolha " o garoto não gosta e, tem até que se afastar da sociedade por causa do problema. O garoto desconta todo o sofrimento em sua mãe, sem saber o porque de a mãe ser caolha, quando o garoto está triste, desconta na mãe, quando está feliz como quando conseguiu uma namorada é carinhoso com a mãe. O garoto acaba se afastando de vez da mãe quando sua namorada pede, uma vez que ela não queria ser chamada de nora da caolha, o garoto se afasta da mãe. A mãe longe do filho, fica triste de vez mas, aconselhado por sua madrinha o garoto vai a casa da mãe e a mãe o conta o verdadeiro motivo da mãe ser caolha, o garoto quando pequeno havia enfiado o garfo no olho da mãe. O final da história foi muito surpreendente, não pensava que este seria o motivo da mãe ser caolha. O conto é interessante porque nos mostra que mesmo o garoto sendo o causador da mãe ser caolha a mãe sempre o amou, e quando o garoto descobre, ele viu que estava sendo ingrato por culpar a mãe por não se encaixar em nenhum lugar uma vez que foi ele o causador de tudo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jorge Henrique

avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 08/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Dom Abr 26, 2015 3:07 pm

O conto “A Caolha”, de Júlia Lopes de Almeida, retrata a vida de Antonico filho de uma caolha. Este vivia uma vida difícil, pois era apelidado de “filho da caolha”, além de ser excluído pela sociedade, por ser filho da caolha. Essa exclusão fez com que ele para se de se relacionar afetivamente com a mãe e posteriormente se mudar de sua casa.
No fim do conto, Antonico descobre que sua mãe era caolha devido ao um acidente, causado por ele mesmo, que lhe custou o olho esquerdo.
O final me deixou espantado e também me fez pensar, pois não imaginaria que Antonico que havia lhe deixado caolha e também fiquei pensado sobre o que aconteceu após essa revelação, que fez Antonico desmaiar e dar fim ao conto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otávio Maia



Mensagens : 33
Data de inscrição : 16/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Seg Abr 27, 2015 5:59 pm

O conto "A Caolha", de Julia Lopes de Almeida, aborda muito sobre o bullying, sofrido por Antonico,
os colegas de escola e vizinhos o criticavam e o excluíam por ser o filho da caolha, isso fazia com que Antonico tivesse uma relação bem distante com a mãe. Mas o surpreendente da historia e que o motivo da mãe ser caolha, e o acidente que o filho a machucou. Ou seja a culpa da mãe ser caolha e do Antonico, o "prejudicado da história".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otávio Maia



Mensagens : 33
Data de inscrição : 16/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   Seg Abr 27, 2015 6:00 pm

O conto "A Caolha", de Julia Lopes de Almeida, aborda muito sobre o bullying, sofrido por Antonico,
os colegas de escola e vizinhos o criticavam e o excluíam por ser o filho da caolha, isso fazia com que Antonico tivesse uma relação bem distante com a mãe. Mas o surpreendente da historia e que o motivo da mãe ser caolha, e o acidente que o filho a machucou. Ou seja a culpa da mãe ser caolha e do Antonico, o "prejudicado da história".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Caolha - Júlia Lopes de Almeida   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Caolha - Júlia Lopes de Almeida
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» A Caolha - Júlia Lopes de Almeida
» Aeroporto Leite Lopes terá VOR reativado
» [Brasil] Avião que caiu em Piracuruca (PI) fica "entalado" em Buriti dos Lopes
» [Brasil] Laser ameaça pousos no aeroporto Leite Lopes
» [Brasil] Monomotor cai na zona rural de Carmo do Cajuru, MG

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Literatura CNEC :: Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século-
Ir para: