Literatura CNEC

Fórum destinado à discussão de obras literárias. O objetivo deste fórum, além disso, é substituir a avaliação tradicional, e fomentar reflexões mais profundas.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 A Confraria dos Espadas - Resumo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Flávio Machado
Admin
avatar

Mensagens : 86
Data de inscrição : 10/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: A Confraria dos Espadas - Resumo   Sex Dez 02, 2016 8:54 am

Faça um breve resumo, contendo aproximadamente 10 linhas, de um dos contos da obra "A Confraria dos Espadas".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://literaturacnec.forumbrasil.net
Amanda Tavares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 15/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Seg Dez 05, 2016 3:37 pm

Livre arbítrio
O conto fala de mulheres que morriam de forma suspeita,uma vez que,nas autópsias eram encontrados vestígios de uma mesma substância letal,a polícia desconfiava de assassinato,mas achavam estranho a ausência de sinais de violência e o semblante tranquilo das "vítimas".Tudo foi explicado pelo autor das mortes a uma mulher,qua havia presenciado uma das mortes e notou sua troca de olhares com Salete,uma das garotas que morreu na igreja.
Depois de ler o jornal que falava sobre as mortes misteriosas e a carta sobre livre arbítrio que a garota deixou,o interesse da mulher pelo suposto assassino aumentou.Assim ela resolveu segui-lo até sua casa,perguntar o porteiro o seu nome e passar a escrever cartas,tais cartas eram respondidas e nelas o homem diz que as três mulheres Heloísa,Laura e Salete não podiam ser consideradas vítimas,pois todas elas escolheram morrer e que apenas uma mulher foi realmente sua vítima,aquela em que a substância letal foi testada,mas que esta era uma mulher frívola e fútil.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maria Emília Pereira



Mensagens : 26
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Seg Dez 05, 2016 3:45 pm

A Festa
Maria Clara Pons, preparava detalhadamente a festa para comemoração dos 40 anos de Gabriel Pons, seu marido. Foi várias vezes ao ateliê da estilista provar e aprovar seu novo vestido, pois tinha que ser algo novo, para demonstrar sua elegância em uma festa muito fina e importante.
Ela analisava com cautela cada detalhe da festa, do convite à comida que seria servida. A decoração não ficava para trás, era necessário decorar até os quartos da casa, pois deixar as portas dos cômodos fechadas seria sinal de desconfiança em seus convidados.
Chegou o dia da tão esperada festa. Os convidados estavam bem trajados, tudo ocorrendo como o esperado. No auge da festa, um dos convidados, Casemiro, sentiu-se mal e caiu no chão. Foi chamado às pressas um renomado médico presente no evento, ao examinar o convidado percebeu que estava morto.
A notícia chocou a todos, mas chegaram ao acordo de continuar a festa em homenagem a Casemiro. O enterro seria realizado no próximo dia e todos confirmaram presença. O evento continuou sem constrangimento, a música tocava alta e a balada estava sempre cheia. Alguns convidados gritavam vivas para Casemiro e dançavam ao seu redor.
Às seis da manhã o carro da funerária chegou e Casemiro foi levado ao cemitério. Maria Clara notou que as flores da decoração da festa estavam murchas ao chão e ficou entristecida. Por fim, apenas os mandados de Maria Clara estavam para assistir o enterro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Júlia Faria



Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Seg Dez 05, 2016 4:34 pm

Anjos das Marquises
Paiva era um senhor que acabara de aposentar e prevê muitos planos para o futuro até que, com uma viagem marcada perde sua esposa,sendo ele uma pessoa muito sozinha sem amizades,solitário.
Com a triste falta da mulher e do que fazer começa a sair de casa passeando sem destino e encontra ''desabrigados'' deitados nas marquises de bancos e encucado com aquilo tenta ajudar.Até que descobre que tem uma 'instituição' privada que 'ajuda' e sem saber procurar saber informações quer entrar para esta instituição;o trabalho é realizada por uma falsa ambulância e ele passa seus dados para uma das pessoas de dentro da ambulância e vai embora aguardar a ligação e eles não entram em contato com ele, depois de alguns dias ele retorna a ambulância e repassa seus dados onde eles entram em contato com ele. Até ele ser levado para um lugar onde foi levado para uma enfermaria de maca onde aplicaram uma injeção e ele não viu mais nada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thais



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Seg Dez 05, 2016 5:29 pm

O vendedor de seguros
O conto se baseia em um matador de aluguel, que finge para esposa trabalhar como vendedor de seguros.
Em um dia normal foi encomendado a morte de um homem. Desse dia em diante o assasino começa a estudar o cotidiano de sua próxima vítima, descobrindo então todos os seus passos. Uma das coisas descobertas foi que sua vítima está sempre acompanhado de um homem barbudo, a não ser por volta das sete horas da manhã. O matador aproveita tal horário para entrar no apartamento da vítima, onde a encontra na banheira com os pulsos cortados, diante disso o criminoso descide revistar a casa, encontrando uma 22. Por ser uma arma silenciosa, ele mata sua "encomenda" com a mesma. Colocando a arma ao lado da gilete.
Como o atirador passava muito tempo no trabalho, sua esposa cansada de tudo isso o deixa e vai para a casa de sua mãe, mas ela sempre dizia que não tinha mãe.


Última edição por Thais em Qui Dez 08, 2016 12:23 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Giovanna Soares



Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Ter Dez 06, 2016 1:42 pm

Anjo das Marquises
Paiva trabalhou 30 anos, sempre com a rotina de acordar cedo, e mesmo depois de aposentado não perdeu o costume. Ele pretendia viajar com a mulher, porém, algo inesperado acontece, a mulher morreu de um mal súbito antes da viagem, o que deixou Paiva solitário e sem planos.
Continuou andando todas as manhãs pelas ruas, e em um desses passeios, se deparou com um homem e uma mulher ajudando um dos mendigos que debaixo daquelas marquises se abrigavam. Paiva, teve um certo interesse na situação e perguntou a mulher o que faziam, esta diz que é um trabalho voluntário, ele pergunta a ela se podia ajudá-los, deixando até o número de seu telefone á espera de uma resposta. No dia seguinte, Paiva recebeu a tão esperada ligação, que o convocava a encontrar com os "voluntários" no mesmo lugar, ele compareceu, ansioso ficou esperando a ambulância, nela estava apenas José, que propôs levar Paiva até a sede para conhecer melhor o trabalho. Ao entrar no local dois enfermeiros o imobilizaram e colocaram em uma maca, aplicando-lhe uma injeção retirando suas cornéas e retalhando o seu corpo, que deveria ser levado rapidamente pelo motoqueiro que faria as entregas da "encomenda".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Guilherme Moreira

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Ter Dez 06, 2016 5:48 pm

A Festa
O conto tem sua introdução apresentando Maria Clara Pons , que inicialmente estava buscando por um vestido de festa ,coisa que no caso teria que ser escolhido de maneira bem calma e cuidadosa , diferente do tradicional smoking dos homens .
Ao longo do conto , descobrimos que a festa é de seu filho Gabriel que estaria completando seus 40 anos . Ele mostra os critérios da escolha de convidados , como a idade , a classe social , entre outros .Também retratava todos os cuidados que ela tinha ao montar a festa "perfeita" para seu filho , como a decoração , comes e bebes , até mesmo flores que iriam durar apenas 24 horas (apenas para a festa).
Já na festa , Maria Clara preocupada por não ter chegado ninguém logo se acalma por em seguida ter chegado os primeiros convidados e mais tarde ter chegado todos.
Convidados dançando , vendo TV , tudo dando certo por enquanto . Casemiro , um dos convidados , gostava muito de festas e estava no meio aproveitando e dançando, quando de repente ele cai no meio do cômodo. Alguns preocupados , outros achando que ele estava apenas desmaiado pela bebida , mas na verdade ele havia morrido , segundo um médico que ali havia .
No final , eles continuaram a festa com ele no mesmo lugar , com a justificativa que ele falava que se fosse para morrer , que seria em uma festa . Após o término da festa , os convidados foram indo embora e afirmando que iriam ao enterro . Foram apenas dois ao enterro .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor Lessa



Mensagens : 28
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Qua Dez 07, 2016 1:44 pm

Livre Arbítrio
No conto Livre Arbítrio fala de umas mulheres que estavam morrendo de uma forma suspeita,pois nas autopsias os legistas encontravam a mesma substancia venenosa no corpo delas. O estranho era que não encontravam sinais de violência no corpo das vitimas. So que no final tudo foi explicado pelo assassino.
Apos ler o jornal e a carta sobre o livre arbítrio que a garota deixou, o interesse da mulher pelo suposto assassino aumentou, então resolveu segui-lo até sua casa, perguntou ao porteiro o seu nome e a passar a escrever cartas.Quando suas cartas foram respondidas ele disse que apenas uma das 3 mulheres haviam sido vitimas ja as outras duas tinham escolhido morrer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Getúlio Andrade



Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Qui Dez 08, 2016 3:27 pm

Livre Arbítrio:
O conto fala sobre a troca de cartas, entre o "assassino" e uma senhora que tinha lhe descoberto a identidade. Tendo como conteúdo as informações sobre vitimas de supostos "assassinatos", que acabavam por intrigar totalmente a policia, seja pelo veneno desconhecido usado nas mortes, ou sobre a "felicidade" das vitimas, ou ate mesmo sobre o conteúdo dos seus últimos desejos, escritos a punho próprio e que segundo a conclusão da sociedade, não se tratava mais do que delírios de uma fraca vida.
Na troca de cartas o "assassino" conta a maneira como ele escolhe e mata as mulheres que desejam este "terrível" fim, ao mesmo tempo que explica os motivos de tais atos bárbaros junto com sua crença e tenta convencer a sua correspondente que: "apenas a morte é capaz de nos fazer exercer nosso pleno e livre arbítrio".
Por final a senhora lhe diz que espera ter o potencial certo para o ato e deseja marcar um dia no final de semana a fim de lhe encontrar para se conhecerem melhor e tratar sobre alguns assuntos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paula Pereira



Mensagens : 28
Data de inscrição : 08/04/2015
Idade : 17

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Qui Dez 08, 2016 6:01 pm

Anjos das Marquises
    Trabalhador, Paiva sempre acordava cedo durante seus 30 anos de trabalho, agora que se aposentara por acreditar que já tinha bastante dinheiro e por querer viajar com a mulher, continuava acordando cedo. Durante a espera pela viagem, sua esposa, Leila, morre de mau súbito, deixando o marido solitário e entendiado. Ele sentia falta de uma ocupação, por isso, pensou em usar o dinheiro que possuía para ajudar ou outros, visitou asilos, mas percebeu que deve-se ser jovem para trabalhar com idosos.
Paiva, sempre perambulava pelas ruas da cidade, e acabou percebendo que havia pessoas caídas nas calçadas, assim, chegou a conclusão que aquele quadro já existia, mas ele não havia percebido. Certo dia, andando pelas ruas, percebeu um homem deitado no chão sob a marquise de um banco, posteriormente chegaram duas pessoas, levaram o desabrigado para uma ambulância, Paiva acreditou que eles estavam ajudando o homem, e resolveu então ajudar, procurou por outros dias aquela mesma ambulância, achou. A mulher disse que lhe telefonaria, mas nada. Outra vez Paiva procurou os "Anjos das Marquises", novamente os encontrou, desta vez, o homem ficou de entrar em contato. E assim fez, combinou um dia para encontrar com Paiva, e no encontro, o homem levou o marido de Leila para o que ele dizia ser a sede de seu trabalho, a qual foi apresentada a ele que ficou maravilhado com a limpeza. Logo depois lhe foi apresentada, a enfermaria, desta vez acompanhado de dois enfermeiros que lhe aplicaram uma injeção. Paiva, pouco mais conseguiu falar, dele foram retirados sangue e órgãos, que seriam levados pelo motoqueiro, para encomenda. Paiva, fora enganado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Breno Ferreira



Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Sex Dez 09, 2016 3:49 pm

Anjos das Marquises:
Paiva era um trabalhador que acordava cedo pra ir trabalhar durante 30 anos,juntando dinheiro para viajar com a mulher.Enquanto esperava pra fazer a viajem a esposa dele que se chamava Leila morreu,com isso ele deixou Paiva entediado e sozinho.Como ficava muito sozinho resolveu arrumar o jeito de ajudar as pessoas,primeiro pensou que seria muito velho para ajudar os idosos.
Com isso Paiva começou a andar pela cidade,em uma de suas perambulações Paiva viu pessoas pegando desabrigados e colocando em uma ambulância e então pensou que eles estavam ajudando os desabrigados e queria ver uma forma de ajudar.Depois disso todo dia ele procurava aquela ambulância e um dia ele conseguiu encontrar,então pediu pra participar e eles falou que entrariam em contato,marcaram um encontro com Paiva e levou ele para ver a sede onde eles trabalhavam.Depois levaram Paiva para enfermaria onde colocaram ele em uma maca e lhe aplicaram uma injeção e retiraram dele sangue e orgão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabrielle Winkelstroter



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Sex Dez 09, 2016 4:42 pm

Anjos das Marquises:
Paiva, executivo viúvo e recém-aposentado, procurava por algo que desse sentido à sua vida. Certa noite, andando pelas ruas observou um casal recolhendo um indigente e o colocando dentro de uma ambulância. Diante do suposto gesto solidário, Paiva ofereceu-se como voluntário, que a princípio foi recusado pelo tal casal. Após algum tempo, encontrando-se novamente com "os anjos", Paiva mais uma vez lhes ofereceu ajuda, desta vez o pedido foi aceito. Um dos colaboradores convidou Paiva para conhecer o trabalho do Grupo, que concordou e se mostrou plenamente feliz. Já no local, enquanto o viúvo verificava atentamente as instalações foi surpreendido por dois enfermeiros, que o imobilizaram e aplicaram uma injeção em seu braço. Em seguida, ele foi levado à uma sala de cirurgia, onde seus órgãos seriam retirados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alice Castro



Mensagens : 29
Data de inscrição : 11/04/2015
Idade : 16

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Sex Dez 09, 2016 5:09 pm

A Festa
O conto faz referência a uma festa, preparada com muito cuidado, para ser inesquecível. Tudo havia sido planejado nos mínimos detalhes. Flores, arranjos, Buffet, DJS, dentre outros. Porém em meio a tantos convidados importantes, que estavam no auge de suas carreiras, um imprevisto acontece. Casemiro, que era conhecido por amar festas, em um determinado momento cai no chão. Muitas pessoas acharam que era apenas um desmaio provindo das bebidas alcoólicas que este havia ingerido, mas ao ser analisado por um médico que estava presente no local, afirmaram que Casemiro havia sofrido um infarto, e morrido.
Com a justificativa de que ele falava que se fosse pra morrer, que seria em uma festa, Maria Clara Pons anunciou a morte dele, e continuaram a festa normalmente, alegando que levariam o corpo para a funerária no dia seguinte. Após o término da festa, todos os convidados foram embora, para ir ao enterro. Por fim, apenas Seixas (melhor amigo de Casemiro) e o coveiro assistiram ao enterro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Augusto Vilela



Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 16
Localização : Abaeté-MG

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Sex Dez 09, 2016 5:10 pm

O conto "Anjos das marquises", de Rubem Fonseca, conta a triste e solitária vida de Paiva, que depois que sua esposa partiu dessa para uma melhor, ficou sem rumo na vida. Monótono era o cotidiano de Paiva, que todos os dias saía de casa e caminhava até a praça, onde sentava e observava o que acontecia. Até que um dia, sentado no banco da praça, observou um morador de rua ser carregado por algumas pessoas até uma vã branca, sem qualquer identificação. Curioso, Paiva ficou pensando naquilo, até que observou novamente o acontecido e foi até as pessoas da vã para se oferecer ao trabalho e dar sentido a sua vida novamente. Um homem, disse que entraria em contato assim que possível. A partir desse dia, Paiva não saiu de casa, não queria perder a ligação dos anjos das marquises, assim os nomeou. Ligaram para Paiva alguns dias depois e o levaram até sua sede, onde todo o processo acontecia. Chegaram de vã, nesse momento, homens seguraram Paiva e o amarraram em uma maca, começaram a comentar da grande contribuição de Paiva no negócio do mercado negro de venda de órgão. Paiva se mostrou o candidato perfeito para o trabalho, saudável e disposto. Os anjos vão tirar proveito de grande parte de seu corpo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Davi Zaidan



Mensagens : 17
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Sex Dez 09, 2016 7:55 pm

O conto "Anjos da marquises" do livro de Rubem Fonseca, conta a historia de Paiva, um homem trabalhador, que perdeu a mulher a pouco tempo, deixando-o solitário e sem planos para o futuro. Paiva não conseguia ficar dentro de casa sem nada fazer, Também não suportava mais olhar o mar, aquela massa de água tediosa, aquele horizonte imutável que descortinava do terraço da sua cobertura. Sempre que saia de casa e ia perambular sem destino pelas ruas, Paiva encontrava pessoas sem sentidos caídas nas calçadas até que certo dia viu um homem e uma mulher curvados tentando reanimar um corpo que estava no chão e levando-o para a ambulância, percebeu ainda que modesta, estava sendo feita, alguém se importava com aqueles infelizes.No dia seguinte Paiva saiu e andou pelas ruas um longo tempo procurando as pessoas da ambulância, queria se oferecer para colaborar no trabalho que realizavam, até que um dia os achou e deixou seu numero com eles dizendo que queria fazer parte daquela organização. Tempos depois ligaram para paiva e o levou até sua sede. Levaram Paiva para ver a enfermaria onde nesse momento os dois enfermeiros o imobilizaram e o colocaram maniatado em uma maca. O que Paiva não sabia e que ele trabalhavam no mercado negro de venda de órgão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thays Brito



Mensagens : 5
Data de inscrição : 04/12/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Sex Dez 09, 2016 8:41 pm

O conto ''A festa'' do livro de Rubem Fonseca, relata a preparação de uma festa organizada por Maria Clara Pons, buscando sempre o melhor bulfet, flores da melhor qualidade que durariam até 24 horas, uma decoração rebuscada com uma especialidade para cada comodo da mansão, tudo para uma festa perfeita. No entanto ocupada com a escolha do melhor vestido, lista de convidados que tinha todo um critério definida por idade, classe social entre outros. Na qual se comemoraria o aniversário de 40 anos do seu esposo Gabriel. Em fim chegou a tão esperada festa, no começo estava um pouco entediada com a demora da chegada dos convidados, mas logo se tranquiliza em diante foram chegando convidados importantes que tinham outros compromisso anteriormente. Tudo ocorrendo bem quando Casimiro um de seus convidados sente-se um mal estar durante a festa e cai em um comodo da casa. Pessoas que estavam em sua vista, sobrepõem que seja apenas um desmaio ou até efeitos de bebida, quando na verdade tratava-se de sua morte. Uma pequena confusão referindo-se  do se fazer com o corpo sem causar uma má impressão para a festa, e escolhendo o melhor para todos, resolvem deixar o corpo de Casimiro na casa, e dar continuidade na festa, dando a explicação que ele adorava festas e não se importaria com isso. No dia seguinte ocorre o seu velório, mas apenas o seu advogado comparece ao local.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marina Campos



Mensagens : 30
Data de inscrição : 14/04/2015

MensagemAssunto: Anjos das Marquises   Sex Dez 09, 2016 9:16 pm

O conto "Anjos das Marquises", de Rubem Fonseca, relata a história de um homem, conhecido como Paiva, executivo viúvo e recém-aposentado.
Paiva procurava algo para ocupar seu tempo e dar-lhe sentido a vida, pois a morte da sua esposa deu fim ao seus planos para o futuro.
Certo dia, Paiva andava na rua, e viu duas pessoas curvadas, tentando reanimar dois indigentes caídos na calçada. Vendo aquela cena, percebeu que ainda existia pessoas solidárias, e queria ajudá-las. Deixou seu número com uma das enfermeiras.
Muitos dias sem retorno, Paiva já não esperava mais, pensou na hipótese de colocar um anúncio no jornal, procurando o grupo de solidários. Mas logo sem seguida teve resposta do grupo, que o levou até a sede onde ajudava os indigentes. Quando Paiva entrou no local, foram lhe apresentar a enfermaria, e quando menos esperava foi rendido e apreendido pelos enfermeiros. Naquele momento, Paiva percebeu que tudo não se passava de um mercado negro de órgãos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ana Luísa Mendes

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 07/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Sex Dez 09, 2016 9:16 pm

Anjos das Marquises:
Paiva, um recém-aposentado, planejava uma viagem com sua esposa mas a mulher morre de um mal súbito antes da viagem, o deixando solitário e sem planos para o futuro.
Como não conseguia ficar dentro de casa sem nada pra fazer, pensa em inúmeras atividades que poderia fazer. Ele não sentia falta de convivência, não estava doente, apenas triste, e sua saúde era muito boa. Sentia falta de uma ocupação, ansiava por fazer alguma coisa, talvez usar o dinheiro que possuía para ajudar os outros.
Assim, sempre que saia de casa para perambular, encontrava pessoas caídas nas calçadas.
Certo dia, ele viu um homem deitado no chão, sob a marquise de uma agência bancária, e duas pessoas estavam curvadas sobre o corpo do homem, depois carregando-o para uma pequena ambulância.
Começou então a passar por lá todos os dias e resolveu que também queria ajudar, que seria assim que gastaria seu dinheiro.
Ele se apresentou, deu seu telefone para a mulher, que não demonstrava interesse.
Esperou pela ligação e nada, até que resolveu voltar lá novamente. Os "anjos" ficaram surpresos, eles se apresentaram: Dona Dulce e José. Eles disseram que ele poderia começar a ajudar no dia seguinte.
Paiva chega cedo no outro dia, entra na ambulância e é levado até o destino. Chegando lá, ele fica impressionado com a limpeza do local e desde que sua mulher morrera aquela era a primeira vez que se sentia plenamente feliz. Mas, de repente uma injeção é aplicada em seu braço, o levaram para a cirurgia, tem suas córneas retiradas e seu corpo retalhado. O conto acaba com o motoqueiro esperando para levar mais uma encomenda. Paiva um homem de ótima saúde e super caridoso havia sido mais uma vítima do mercado negro de órgãos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Virgínia Araújo



Mensagens : 31
Data de inscrição : 13/04/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Sex Dez 09, 2016 9:17 pm

Anjos das marquises
O conto fala sobre um senhor que acordava cedo já fazia trinta anos para trabalhar, até que se aposentou e decidiu viajar com sua esposa, mas ela morreu de um mal súbito antes da viagem. Paiva, o viúvo, ficara completamente perdido até que um dia viu um casal resgatando um mendigo em uma ambulância, então conversou com eles a fim de ajudar, e eles prometeram entrar em contato. O que não aconteceu, e quando Paiva os encontrou novamente, os explicou que era sozinho no mundo e gostaria muito de ajudar os "anjos das marquises", assim chamados por Piva. Dessa vez, eles realmente ligaram, então Paiva foi conhecer a instalação de tais benfeitores. Chegando lá, dois enfermeiros o seguraram e o doparam. As córneas de Paiva são retiradas e em seguida retalham seu corpo, com pressa porque o motoqueiro estaria esperando para levar as encomendas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thays Brito



Mensagens : 5
Data de inscrição : 04/12/2015

MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   Sex Dez 09, 2016 9:38 pm

Anjo das Marquises
Trabalhador, Paiva acordava cedo durante trinta anos de trabalho, poderia até continuar com a rotina, mas já tinha bastante dinheiro e agora se aposentara, pretendendo viajar com a mulher, enquanto tinha saúde e vitalidade. Durante a espera da viagem, sua esposa Leila, morre de mal de súbito, deixando Paiva solitário e sem planos para o futuro. Sentindo-se falta de uma ocupação, pensou em usar o dinheiro que havia conseguido, para ajudar os outros. No entanto foi convidado para uma associação de velhos, porém achava que era preciso ser jovem para trabalhar em asilos.
Sem o que fazer começou a perambular pelas calçadas da cidade, encontrando pessoas caídas nas ruas, assim chegou a conclusão que aquilo era normal em sua cidade, mas não havia percebido, pela rotina comum de diversos trabalhadores, com um porte similar ao seu, sendo guiado por motorista entre outros. Em um certo dia encontrou um homem deitado no chão sob a marquise de um banco, mas logo após, chega uma ambulância sem endereço ou quaisquer informações e o retira dali, Paiva curioso e interessado pelo que foi apresentado pela ambulância busca mais informações. Uma mulher disse que o telefonaria, ficou aguardando. Depois se encontram e a ambulância o leva, sem dar explicações ou justificativas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Confraria dos Espadas - Resumo   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Confraria dos Espadas - Resumo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Resumo da E3 (Opinião Pessoal)
» [Internacional] Resumo da Copa a bordo - LAN
» Resumo de voos
» Homenagem Confraria do Serrote e do Ferro de Soldar
» Espadas Com Element Water ou q Paralize Vcs Sabem ?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Literatura CNEC :: Confraria dos Espadas (Rubem Fonseca)-
Ir para: